segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Inverno na Serra

Quando as pessoas são felizes, não reparam se é Inverno ou Verão.
(Anton Tchekhov)


Desde o início de 2010, o clima  tem-nos pregado muitas partidas. O frio, o vento e a chuva têm-nos feito  lembrar que estamos em pleno Inverno.
Eu  não gosto desta época do ano  mas confesso que  há situações que me deixam ficar maravilhada. As fotos seguintes, são um exemplo disso.  A Ana Teresa conseguiu captar estas imagens nos dias que antecederam a queda de neve na serra do Açor e eu partilho-as com todos os visitantes deste blog.






O inverno, que gosta de pregar partidas, aproveita a noite para pintar de branco a relva do jardim.
E logo o sol, que se diverte a desfazer as partidas do inverno, devolve o verde habitual ao nosso tapete exterior.
Nunca se cansam deste jogo!
- While my lady sleeps - John Coltrane (Trane's blues)




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

6 comentários:

Dulce disse...

Bom dia, Lourdes

Lindas fotos!
Há beleza em tudo, não é mesmo? Ou, em quase tudo... Basta saber enxerga-la.
Beijos

alfacinha disse...

que horripilantes lindas fotografias.
cumprimentos

Helena Teixeira disse...

Olá Lourdes!
Lindas essas fotos.Dá vontade de tocar.
Também não gosto nada do Inverno,só se houver neve para animar e essas fotos para embelezar :)
Já vi também o post sobre a sua Nara e a outra menina.Eu tenho 1 cadela labradora de 1 ano e 5 meses e uma gata rafeira de 8 anos :) Uma ladra pouco e abana-se se alguém chega ou toca a campainha.A outra rosna e pira-se,lol...

Ah, o mês de Fevereiro está quase a chegar e com ele a Blogagem de Fevereiro. O tema é: O Carnaval e as suas tradições. Já sabe: texto 25 linhas e foto até 8/02 para aminhaldeia@sapo.pt

Jocas gordas
Lena

M. Lourdes disse...

É verdade Dulce.
A beleza das coisas depende muito dos olhos com que as vemos.
Beijinhos

M. Lourdes disse...

Alfacinha
Calculo que queira dizer arrepiantes (devido ao frio do gelo).
A água mostra-nos várias fecetas conforme o clima e, todas elas são bonitas.
Beijinhos

M. Lourdes disse...

Helena
O gelo que se forma, nas esvas, nos salpicos de água que cai e congela, dá-nos imagens bastante bonitas.
beijinhos