sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Porque é fim de semana: Casas do Soeiro

Porque é fim de semana, vamos continuar no Município de Celorico da Beira, para conhecer um pouco da freguesia de Casas do Soeiro, a mais recente do concelho, que outrora fazia parte da freguesia de São Pedro.




Esta freguesia fica situada junto à Estrada da Beira e  confina com a sede do município.
Não se conhece a origem da ocupação humana de Casas do Soeiro, mas na Quinta dos Cedros, existe uma gravação com a data de 1217, referente à construção da Igreja de S. Martinho.
Pensa-se que  o topónimo de Casas do Soeiro se deve a um antigo proprietário, um fidalgo com o nome de Soeiro.


O orago desta localidade é Santa Bárbara.
Do património da povoação há a destacar a Igreja Matriz, a Quinta dos Cedros, a Fonte do Russo e o Brasão da Quinta do Vale.





Obrigada pela sua presença. Volte sempre!




quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Sobral Magro em Festa

A outra festa do próximo fim de semana, já aqui foi referida. É a da minha aldeia, o Sobral Magro. 
Mais uma vez aqui a refiro deixando o  seu Programa.



Obrigada pela sua presença. Volte sempre!




terça-feira, 14 de agosto de 2018

Barrigueiro em Festa


Outra aldeia em festa no próximo fim de semana é o Barrigueiro.
Este é o Programa da sua festa:




Obrigada pela sua presença. Volte sempre!




segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Festa de Nª Sª de Fátima em Pomares

Durante o próximo fim de semana, a freguesia de Pomares oferece festas em várias aldeias.Uma delas é a festa de Nossa Senhora de Fátima, que se realiza na sede de freguesia.
Eis o Programa:






Obrigada pela sua presença. Volte sempre!




sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Porque é fim de semana: Carrapichana

Porque é fim de semana, vamos continuar no Concelho de Celorico da Beira  para conhecer um pouco da freguesia de Carrapichana.




Carrapichana é uma aldeia fundada durante o século XVIII, pertencendo a D. João V, embora se creia que tivesse havido povoamento humano na localidade no tempo da ocupação Celta. 

A atestar a sua antiguidade, existem  na freguesia  duas sepulturas antigas nos lugares da Cabrieiras e Moitas.

Quando foi fundada,  pertencia à comarca de Linhares e apenas em 1855 foi incorporada no concelho de Celorico da Beira.


O orago desta povoação é São Lourenço
Existe ainda na aldeia outro templo religioso dedicado a Santo António.



Obrigada pela sua presença. Volte sempre!