quinta-feira, 20 de julho de 2017

Festa nas Corgas

Mais uma povoação que vai estar em festa na freguesia de Pomares, durante o primeiro fim de semana de Agosto. Desta vez as Corgas.




Obrigada pela sua presença. Volte sempre!

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Poetas da Serra

Uma amiga do Facebook, nascida numa das muitas aldeias da serra do Açor,  vê desta forma a nossa serra.
 

A NOSSA SERRA
Nos ensombrados da nossa serra majestosa
De eólicas como horizontes…
Com serpenteados pela encosta
E estradas atravessando os montes
Serra de linhas rendilhadas…
Cobertas de cores sons e magia
De percursos trilhos e estradas
Processo de harmoniosa sintonia…
O verão trás regresso de vida…
Trás crianças como pássaros a esvoaçar
Quebrando o silêncio que existia
Com gente a rir, colorir, e povoar
Os riachos esses continuam na sua calma
Percorrendo os mesmos socalcos entre outeiros
Sufocados por aquele insistente abraço
De giestas, silvas, juncos e sabugueiros
As represas são memórias…
Já não se regam os lameiros
Hoje contam-se as histórias…
Dos currais, bardos e palheiros.
Recordações que diluídas no tempo
Não perderam conteúdo e cor
Como a saída de um rebento
Quando o sol lhe empresta calor
Pena não ter mais personagens…
Para espalhar mais vida e encanto
E de sentidas e emocionadas imagens
De lágrimas de alegria, se fizesse pranto
São Pereira

Obrigada pela sua presença. Volte sempre!

terça-feira, 18 de julho de 2017

Carteiras para telemóvel e óculos


Hoje, ao arrumar o espaço onde me dedico ao artesanato, encontrei algumas sobras de tecidos. Eram pequenos retalhinhos que não dariam para grandes trabalhos. 
Pensei então em os aproveitar para fazer peças mais pequenas.
Eis o resultado: 




Obrigada pela sua presença. Volte sempre.



segunda-feira, 17 de julho de 2017

Festa de Porto Silvado

Estão a chegar as festas de Verão. Aos poucos as pequenas aldeias, quase desertas, começam a ganhar vida. Apesar de temporária, é uma época em que os seus filhos regressam "ao ninho" para dar graças por mais um ano junto do seu patrono.


Nos próximos dias 4, 5 e 6 de Agosto é o Porto Silvado que vai estar em festa, homenageando a sua padroeira >Nossa Senhora do Carmo.
O Programa é o seguinte:


Sexta-Feira

20 horas - arruada; 
23 horas - Karaoke com Olavo.
Sábado 
09.30 horas - Chegada da Filarmónica Fidelidade de Aldeia das Dez
10 horas -  Missa campal; 
11 horas - Procissão; 
12 horas -  Leilão de ofertas; 
16 horas -  Leilão de ofertas à Comissão de Melhoramentos; 
21 horas - Baile abrilhantado por Ana e Luís Vicente.
Domingo 
10 horas - Inauguração de melhoramentos em Porto Silvado; 
13 horas -  Almoço convívio servido pelo restaurante “A Saborosa”.


Obrigada pela sua presença. Volte sempre!

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Vila Franca da Beira

Hoje vamos até à outra   localidade que, com Ervedal, forma a União de Freguesias de Ervedal e  Vila Franca da Beira.



Situada a 2,5 Km de Ervedal, seguindo pela ER 231-2, vamos encontrar esta localidade, também ela com sinais de vida desde tempos da pré-história. 
Crê-se ter origem num castro, como o comprovam  algumas casas de pedra rústica, com uma única entrada, virada para um  pátio comum a várias outras casas, de forma a, em conjunto, se defenderem dos lobos, que frequentemente atacavam a população.



Devido à proximidade com o Ervedal,  a história das duas povoações seguiu um rumo idêntico. Também Vila Franca da Beira foi doada pela rainha D. Dulce às mesmas instituições e incluída na " Honra do Couto do Ervedal ",  nos séculos XIII/XIV.
Ao longo dos tempos, esta localidade foi recebendo topónimos diferentes. Até ao Concílio de Trento (1545-1563) era o Vigário que atribuía o nome às povoações sem seguir qualquer regra, pelo que muitas mudavam frequentemente de nome.



Pensa-se ter sido o que se passou com Vila Franca da Beira que, no Censo da População do Reino de 1527, aparecia com o topónimo Urrais. Em 1682, passou a ser  referida apenas por Vila Franca. Mais tarde, devido à proximidade de Ervedal, passou a ser conhecida por Vila Franca do Ervedal, até que em 1978, por vontade dos seus habitantes, passou a ser tratada por Vila Franca da Beira.



Em 1988, a povoação foi  elevada à categoria de freguesia libertando-se, do Ervedal.
A reorganização administrativa de 2012/2013 extinguiu a freguesia e juntou-a, de novo, com a antiga freguesia de Ervedal, criando a União das Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira. 


A padroeira desta localidade é Santa Margarida, desconhecendo-se a data de construção da capela erigida em sua honra no local onde, mais tarde, foi reigido um cruzeiro. 
Entretanto, a capela tornou-se  pequena para a população que aumentara e  construiu-se uma maior, consagrada a  Nossa Senhora da Conceição, que ficou concluída em 1891. Na nova capela , foi colocada uma imagem da padroeira, Santa Margarida, que foi roubada, bem como as esmolas da Capela.   


Obrigada pela sua presença. Volte sempre!