terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Pelos Caminhos de Portugal: Montemor-o-Novo

O que a história conta não passa do longo sonho, do pesadelo espesso e confuso da humanidade.
( Schopenhauer )




Em Novembro, fiz uma pequena viagem por  terras do Alentejo tendo como companhia  o meu marido, filho e nora. Já há muito que combináramos fazer uma visita a algumas vilas e cidades alentejanas.  Foi o que fizémos desta vez.
A primeira localidade que visitámos foi  de Montemor o Novo.
Subimos até ao castelo situado no monte mais alto da região, para dali termos uma vista panorâmica sobre a cidade natal de São João de Deus.


- Entrada do castelo -


Entrámos  pela Porta da Vila, situada junto à Casa da Guarda e percorremos o espaço interior do castelo, onde outrora se situava a vila medieval de Montemor-o-Novo.
Parte  do castelo encontra-se  em ruínas e, nos últimos tempos, tem-se vindo a pôr à vista parte da vila originária, que se encontrava subterrada.
                                           


- Parte do castelo, em ruínas -

O castelo tem sido alvo de obras  de conservação, destacando-se o Convento da Saudação, pertencente à Ordem das Dominicanas, onde actualmente funcionam  o centro transdisciplinar "O Espaço do Tempo" e a Oficina de Arqueologia do Programa do Castelo da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo.

                                       

- Convento da Saudação -

Caminhando  ao longo das muralhas do castelo,  tivémos oportunidade de desfrutar duma esplêndida paisagem, donde se destacam o casario branco da cidade e a planície alentejana, a perder de vista.
Um dia teremos que voltar para visitar a cidade em pormenor, mas deixámo-la para trás e continuámos a viagem, rumando a outra localidade.




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.


3 comentários:

Dulce disse...

Lourdes

Tive a oportunidade de passar por Montemor-o-novo, em minha primeira ida a Portugal, mas só passei, infelizmente não tive a chance de a conhecer, mas fiquei impressionada exatamente com o casario todo branco, lindo...
Beijos e bom dia

Helena Teixeira disse...

Olá Lourdes!
Montemor-o-novo ainda nao conheço,mas ja me deu vontade de lá ir.
Queria agradecer-lhe a sua presença assídua na Aldeia.Este mês,a blogagem ficou linda e todos nos unimos na causa da Isabela e aprendemos muito uns com os outros.
Obrigada e Boas Festas,menina Lourdes!

Jocas Natalícias
Lena

Fernanda disse...

Amiga Lourdes.

Parabéns pela reportagem, está óptima.
Há lindíssimas aldeias alentejanas, e o que mais impressiona é realmente o casario caiado de branco. Fica lindo.

Beijinhos