segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

O Presépio

O melhor do Natal é dividi-lo com quem a gente ama.
(Autor Desconhecido)




Se a fogueira de Natal é um ritual da tradição natalícia que os sobralmagrenses ainda mantêm, o Presépio também não é esquecido. Todos os anos,  S. Domingos recebe na sua capela o presépio  comemorativo do nascimento do Menino Jesus, junto ao qual se  enfeita também a árvore de Natal.
Este ano ficou assim:




Fotos da Ana Teresa



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.





.

5 comentários:

Fernanda disse...

Amiga querida, Lourdes.

Desculpe a minha ausência, mas o tempo tem sido pouco para todos os afazeres. Sei que me entende e que me desculpa.

Ficou lindo o seu presépio, parabéns.

Espero ainda falar consigo antes do Ano Novo, em todo o caso, vou adiantando que lhe desejo a si e a todos os que mais ama, muita saúde, paz e amor.
Todo o resto vem por acréscimo.
Da sua amiga que embora recente, o é de verdade.

Manuela disse...

Simples mas muito lindo esse presepio.
Desejo um bom ano.
beijo
Manuela

Helena Teixeira disse...

Olá Lourdes!
É verdade,um presépio simples mas muito bonito mesmo. Em Viseu,na Sé,fazem um presépio que gosto muito porque as figuras principais são assim grandes,mas sobretudo o Anjo e fico assim sempre extasiada a olhar para ele,com um sentimento de Paz :)

Antes de lhe deixar os meus votos de bom ano,deixo-lhe o convite da praxe: participar na Blogagem de Janeiro.O tema é: Vamos ca/ontar as Janeiras e comer o bolo rei.Já sabe: 25 linhas + 1 foto e título para aminhaldeia@sapo.pt até dia 8/01.

Jocas Festivas
Um Feliz Ano Novoooooo com tudo de bom!!!

Lena

Fernanda disse...

Querida amiga Lourdes,

Hoje venho trazer a minha mensagem de Feliz 2010.

Que o ano que se finda seja visto como um aprendizado, porque na senda da vida, cada um de nós é um eterno aprendiz, aprendendo com as vicissitudes diárias que servem para descobrirmos os motivos de nossa actual existência.

Beijinhos

Hortense Quaresma disse...

Oi o presépio até está bonito mas no meu tempo fazia-mos um presépio enorme iamos buscar as caixas da sardinha que o sardinheiro lá deixava e fazia-mos vários andares por ali a cima tapava-mos tudo com musgo e com areia fazia-mos os carreiros a imitar caminhos e depois punha-mos as figuras espalhadas por tudo lá no cimo estava então o menino Jesus não era bonito? beijo Hortense