segunda-feira, 20 de setembro de 2010

À Descoberta do Mundo: Salzburgo


De Innsbruck até Salzburgo a paisagem manteve-se. O percurso  rodeando montanhas, mostrava-nos imensos vales verdejantes,  com excelentes pastagens onde as pachorrentas vacas comiam ou ruminavam.
Em determinada altura, atravessámos alguns quilómetros de território alemão, voltando a entrar no austríaco já perto de Salzburgo.


- Pastagens austríacas -

Esta cidade, berço natal de Mozart, situada nas margens do rio Salzach, era uma das que me despertava mais curiosidade e que superou em muito as minhas expectativas.

- Salzburgo e o rio Salzach -

Logo à chegada,  um edifício fortaleza  destaca-se devido à sua localização. O Festung de Hohensalzburg domina a cidade, sendo um excelente local para se ter uma panorâmica geral desta cidade onde o modernismo se mistura, sem conflitos, com o bem preservado património histórico.
Iniciámos o périplo pelos locais mais importantes, nos jardins do palácio Mirabel. Inicialmente denominado por Altenau, foi mandado construir pelo arcebispo Wolf Dietrich, para servir de local de  residência e encontro com Salome Alt, uma senhora com quem manteve uma longa relação amorosa,  da qual resultou uma prole de mais de dez filhos.

- Palácio Mirabel -

O palácio, um edifício imponente foi vítima dum devastador incêndio, sendo depois reconstruído, mas sem a sumptuosidade inicial.
No entanto, o seu jardim é um regalo para os olhos de quem o visita, com as suas fontes, repuxos, estátuas, flores e árvores seculares.
Percorremos calmamente os seus recantos, por entre uma multidão de turistas, ao som da música duma orquestra que tocava numa das ruas do jardim.
Dali, partimos à descoberta de Mozart passando na Makartplaz, junto à casa onde habitou na sua idade adulta e onde compôs muitas das suas obras.
Seguimos depois para a casa onde,  nasceu o célebre compositor, situada na zona histórica. Tínhamos uma visita agendada e, até chegar a hora marcada, aproveitámos para  visitar a catedral,  dedicada a S. Roberto  de Salzburgo,  fundador da cidade e local onde Mozart foi baptizado.


- Catedral de Salzburgo -

O  exterior deste templo barroco é bastante bonito mas não faz antever a imponência do seu interior, replecto  de preciosos detalhes dourados. 

- Vista parcial do interior da Catedral -

Durante a segunda guerra mundial, a cúpula do transepto foi atingida e consequentemente destruída, sendo reconstruída mais tarde em 1959.

- Aspecto de parte do tecto da catedral -

Para além da Catedral, Salzburgo possui uma grande quantidade de grandiosas igrejas razão pela qual é frequentemente conhecida por " Roma germânica".
Seguimos então para a Rua Getraidegasse, entrámos na porta nº 9,  num prédio amarelo onde nasceu Wolfgang Amadeus Mozart.

- Casa onde nasceu Mozart -

Subimos e visitámos os aposentos hoje transformados em Museu e onde estão conservadas alguns retratos, móveis, instrumentos musicais e outros objectos utilizados pelo músico enquanto ali viveu.
Fomos ainda ao encontro de  Mozart, numa estátua situada  na praça com o seu nome.
Após a visita, seguimos em passeio pelas  ruas,  pátios, galerias e praças fervilhantes de comércio  do centro histórico, considerado património mundial da UNESCO desde 1997. 
 
- Uma das ruas do centro histórico -
 
Também aqui se nota a conservação dos decorativos letreiros das lojas de comércio feitas em ferro fundido originárias da Idade Média.
Aproveitámos ainda para comprar algumas lembranças tais como chocolates (os célebres Mozart),  e chapéus de chuva também eles alusivos ao compositor, porque entretanto começara a chover.
 
- O comércio num dos pátios que ligam as ruas -

A chuva e a proximidade da noite levaram-nos de regresso ao autocarro, para nos dirigirmos  aos arredores da cidade, onde se situava o hotel onde iríamos pernoitar.

- Um dos cafés mais conhecidos da cidade -

A caminho, ainda tivémos oportunidade de captar mais algumas imagens desta encantadora cidade, palco de inúmeros festivais de música  e de filmes tão conhecidos, como  o caso do célebre " Música no Coração".





Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

2 comentários:

Mariazita disse...

Olá, M.Lurdes
A reportagem da tua viagem está a ficar excelente.
A descrição é perfeita e as fotos lindas!
Apetece férias outra vez...

Obrigada pela partilha

Beijinhos

Luís Coelho disse...

Uma reportagem completa e clara.
Parabéns pelo passeio