quinta-feira, 23 de setembro de 2010

À Descoberta do Mundo: Viena

 
E eis-nos chegados ao último dia da nossa viagem. 
Tivémos alguma dificuldade em ocupar a manhã. Ainda tínhamos muitos locais que gostávamos de visitar, pois apenas os tínhamos visto no dia da chegada, da janela do autocarro, debaixo duma grande carga de água.
Optámos por fazer o percurso  entre  o hotel e o  centro, ponto de encontro do grupo para o almoço. Ficámos curiosos com a extensão  duma feira, que avistámos do autocarro, localizada bem perto do hotel  onde ficámos instalados.
Dirigismo-nos ao Naschmarkt (assim se chama) e ficámos impressionados com a oferta de produtos alimentares, desde os mais vulgares aos mais exóticos, originários de toda a parte do mundo que ali se encontravam expostos para venda.  
Seguimos para o Flohmarkt, uma espécie de feira da ladra, onde as pessoas se amontoavam na tentativa de chegar às bancadas. Por  entre empurrões, percorremos parte deste espaço repleto de livros, peças para decoração, vestuário e velharias, que abandonámos antes do seu final.
O cansaço já era grande e não tivémos coragem de continuar na feira. Saímos e apanhámos um táxi que nos levou até ao  centro.

- Museu Albertina -

Enquanto não chegava a hora do almoço,  perdemo-nos pelas ruas e ruelas mais concorridas da cidade, entrámos em cafés  apreciando os doces e bolos vienenses e fizémos as compras da última hora.
Adorei esta cidade, mas o famoso Danúbio  só o vimos à entrada de Viena, por entre as vidraças do autocarro, molhadas pela chuva. Na cidade, passámos várias vezes junto aos canais deste rio que a atravessam, mas a visão não era das melhores.
Após o almoço, fomos tirar uma fotografia de grupo junto à estátua de Strauss e regressámos ao hotel onde apanhámos a bagagem.  Finalmente, dirigimo-nos para o aeroporto iniciando assim a viagem de regresso.


- A foto de despedida de Viena -

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.


2 comentários:

alfacinha disse...

Viena é a capital da música ,infelizmente nunca visitei.
cumprimentos

Mariazita disse...

Ai. amiga, não me fales em peso, que ando em luta renhida com 10 quilos que "ganhei" quando deixei de fumar, e não me vejo livre deles :)))

Continua a tua reportagem, belíssima, com fotos muito boas e texto a propósito.
Foram, com certeza, férias excelentes.

Beijinhos