domingo, 5 de setembro de 2010

Festa do Sobral Magro 3


O último dia de festa no Sobral Magro festejou-se no Domingo, com a realização do piquenique.
Dos piqueniques de antigamente já pouco resta.
A alegre arruada que antigamente se fazia, pelas  habitações da aldeia, todas elas repletas de gente, que vinham à porta entregar batatas, hortaliça, azeite, bacalhau e outros produtos da sua lavra, deu lugar à "volta da cana". Agora, em vez dos produtos para o piquenique, os proprietários das poucas casas habitadas colocam uma nota numa cana transportada por um dos elementos do grupo, cujo fim é ajudar a custear  as despesas com  a sardinha, que veio tomar o lugar do bacalhau. 
Do grande número de tocadores, cantadores e acompanhantes, resta um pequeno grupo de pessoas que teimosamente faz a volta à povoação, teimando em manter a tradição.
Antigamente, na fonte do Largo da Barroca,   as mulheres lavavam as panelas de ferro e acendiam uma grande fogueira, onde coziam as batatas com bacalhau e hortaliça. Actualmente, no Bar do Largo da Festa existe  um fogão a gás e grandes panelas, onde se cozinham as batatas e  o caldo verde e, numa moderna churrasqueira, assam-se as sardinhas.
Este ano, contámos com a presença do Grupo de Danças e Cantares do Soito da Ruiva, que actuou no encerramento de mais esta festa.
Não posso deixar de fazer uma alusão especial a este grupo sobre o qual tenho escrito várias vezes no meu blog. Sou uma fã incondicional do trabalho que eles desenvolvem em prol da nossa região, sei as pessoas dinâmicas que o formam  e os sacrifícios que têm que fazer para se manterem unidos em torno do ideal que abraçaram mas, este ano, foram bafejados pelo azar. A doença e a morte instalou-se no Soito da Ruiva na semana da festa do Sobral Magro e, por ser uma aldeia tão pequena onde todos são família, tememos que não fosse possível esta exibição na noite do piquenique. Mas, mais uma vez me surpreenderam. Numa atitude de grande profissionalismo, eles que são o que de mais amador  se possa imaginar, estiveram presentes.
O Sr. João de Carvalho, presidente da Direcção da Comissão de Melhoramentos, manifestou o seu pesar pelos falecimentos recentes, um dos quais, elemento activo do grupo e, a propósito do lançamento do 2º CD do Grupo de Danças e Cantares do Soito da Ruiva eu ofereci uma tela pintada em acrílico, com uma paisagem da ribeira.
  

E foi assim , adapatando-se a tradição à actualidade, que se realizou  mais um piquenique.

 photo Festa20070008.jpg

Grupo de Danças e Cantares do Soito da Ruiva


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.


4 comentários:

Rica e Bela Serra do Açor disse...

Agora é preparar a Festa do Sobral Magro para 2011! ;)

Luís Coelho disse...

Bom dia
Agradeço as palavras amigas no Lidacoelho e dou-lhe os meus parabéns por trabalharem com tanta dedicação nessas festas e tradições populares da nossas aldeias interiores.
Gosto de sentir essa vida que se manifesta nestes encontros.

Anónimo disse...

Lindas fotos como sempre as nossas terras nos sabem brindar com estas belas imagens desta boa gente serrana.
Vai um abraço para todos
António Assunção

Flora Maria disse...

Muito louvável o cuidado em manter as tradições, mesmo com as mudanças em alguma estrutura.
Votos de muito sucesso para o grupo e para você, Lourdes, e seu trabalho de divulgação da História da sua terra.

Beijo