quarta-feira, 21 de abril de 2010

Bucólica

É um tolo aquele que, verificando que uma rosa cheira melhor do que uma couve, conclui que fará também uma sopa melhor.
 (Autor desconhecido)


BUCÓLICA



A vida é feita de nadas:
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas
Pelo vento;
De casas de moradia
Caídas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais;
De poeira;
De sombra de uma figueira;
De ver esta maravilha:
Meu Pai a erguer uma videira
Como uma mãe que faz a trança à filha.

(Miguel Torga)


(Foto: Ana Teresa)


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

3 comentários:

AFRICA EM POESIA disse...

om um beijo



SOU MESMO...


Sou mesmo...
Da mesma terra que tu
Da terra do chão vermelho
Da terra batida cheirando a pó...

Sou mesmo...
Da mesma terra que tu
Onde todos saltamos os rios
Corremos a apanhar borboletas...

Borboletas de cores lindas...
De gafanhotos que saltavam
Que pulavam à minha frente
Como quem brinca às escondidas...

E brincava na palha do café
Apanhava bitacaias nos pés
Comia manga, safú e goiaba
Apenas porque...
Sou mesmo...
Da mesma terra que tu...

LILI LARANJO

Flora Maria disse...

Adorei a poesia e a foto !
BEijo

Maria Teresa disse...

Lourdes:
São uns nadas preenchidos de tudo.
Beijo.