sábado, 3 de maio de 2008

A SERRA DO AÇOR - VEGETAÇÃO 3: AS PÚTEGAS

O alimento intelectual que proporciona a cultura é comparável ao alimento material. Nem tudo o que se come alimenta, mas apenas aquilo que se digere.
Gustavo Le Bom
§§§§§------§§§§§

Subindo a encosta do Açor, entre as várias espécies da flora existentes na região, uma saltou-me à vista- o sorgaço.
- Sorgaço -
Logo me vieram à recordação as memórias de infância, quando o meu avô aparecia escondendo no capucho feito duma saca ( que usava para ir ao mato) qualquer coisa amarela que até me fazia rir os olhos. Eram as pútegas.
Como estas plantas não são mais que parasitas dos sorgaços e das estevas, comecei a andar por entre o mato. Sorgaços encontrei vários, agora pútegas, nem vê-las...
Fiquei com pena. No entanto, não fiquei augada.
 

6 comentários:

Hortense disse...

Olha do que tu te foste lembrar!!!Mas essas pútegas da foto são muito diferentes das que o nosso avô custumava trazer e que eu por vezes tambem encontrava lá nos matos

rouxinol disse...

Por acaso já nem me lembrava desse nome se é que alguma vez o ouvi, mas sei onde vi "coisas" dessas. Que raio de nome...

branco disse...

Descobri este blogue por acaso. Muito bom.Se quizer cer as pútegas da monha quinta( tenho-as às centenas) veja o meu blogue www.flores.fotosblogue.com

Pedro Alves disse...

É a segunda vez esta noite que vou dár a um blogue em que se fala de pútegas.
Será que me podem dizer em que parte do país se pode encontrar essa iguaría?
Quem sabe as minhas proximas férias verdes ficam já decididas.
Obrigado.

Anónimo disse...

No Alentejo conheço-as pelo nome de "púticas". Aparecem associadas às estevas com pelo menos 3 anos de idade. Neste ano vi-as associadas a sargaços o dia 1º de Maio. Normalmente também são mais visíveis em Primaveras chuvosas

Deus Malveiro disse...

Há muitos anos que não vejo as pútegas, este nome só o vi hoje, sou do concelho de Odemira mas lá chamavamos-lhe ranhoses, já tinha procurado na net, mas por este nome não as consegui encontrar.