quarta-feira, 7 de maio de 2008

A SERRA DO AÇOR - VEGETAÇÃO 5: O TOJO

Não se pode rejeitar a tristeza, assim como não se pode rejeitar a sombra. A grande beleza de uma paisagem vem do contraste entre a luz e a sombra.
(Autor desconhecido)


§§§§§------§§§§§

Misturado com todas as espécies de plantas que formam o mato da nossa região, aparece com frequência o tojo ou tojeiro (Ulex europeus).
É um arbusto que pode atingir os 3 metros de altura. Tem ramos espessos, cobertos de espinhos, flores de cor amarela e o fruto é uma vagem oval com 4 a 6 sementes.
A sua reprodução dá-se, preferencialmente, por sementes que se espalham com facilidade, pela acção do vento.
Ainda jovens, as plantas desenvolvem raízes vigorosas, e proliferam rapidamente. Depois de estabelecida, é de difícil ou impossível remoção, pois se ficar no solo algum resto de raízes elas rebentarão, dando origem a nova planta.
Há variedades diferentes de tojo, conforme os seus tipos de espinhos.

Sem comentários: