quinta-feira, 12 de março de 2009

Tradições da Serra: Promessas



Até onde perdemos a crença perdemos a razão.
(G. K. Chesterton)

§§§§§------§§§§§

Continuando a escrever sobre as tradições das aldeias da serra do Açor, hoje vou-me referir às promessas, uma tradição religiosa, que consiste em agradecer a uma entidade divina uma dádiva pedida. este costume já vem de tempos muito remotosmasAinda hoje, quando algumas pessoas se encontram desesperadas, recorrem à protecção divina .
Umas vezes recorriam aos Santos da terra, outras aos santos mais conhecidos da região, como acontece com a Senhora Nossa Senhora das Necessidades ( do Colcurinho,ou do Cabeço), a Nossa Senhora das Preces (Vale de Maceira), ou a Nossa Senhora do Montalto (Arganil), havendo também casos em que se recorria à Nossa Senhora de Fátima.


- Nª Sª das Preces -

Essas promessas eram feitas umas vezes em géneros, outras em romarias (três voltas dadas à capela). Quando bem sucedidas, eram cumpridas religiosamente.
Recordo-me de ver, no Domingo do Espírito Santo, grandes grupos de romeiros cumprindo as suas promessas à volta da capela de Nossa Senhora das Preces e de ir a pé, com o meu avô até ao Cabeço. Lembro-me também, das excursões que o Tio Custódio fazia a Fátima, onde os sobralmagrenses iam agradecer à Virgem e cumprir as promessas que haviam feito em momentos de grandes dificuldades.


- Nª Sª das Necessidades -

(Foto da Voz do Goulinho)

Pessoalmente, não concordo com as promessas. Sou católica e penso que devíamos estar com Deus em todos os momentos da nossa vida e não apens em momentos de aflição e acho que da forma como são feitas as promesas parece que se está a fazer um negócio com Deus. Acho que é uma atitude arrogante da nossa parte, mas cada um tem a sua fé e estes costumes estão enraizados nas pessoas, em especial nos povos serranos.


- Nª Sª de Fátima -



Há outros tipos de promessas...
Coincidência ou não, estou neste momento a ouvir as notícias na televisão. Diz o locutor que faz hoje quatro anos que o nosso primeiro ministro tomou posse e, no seu discurso, prometeu, entre outras, melhores condições para o interior do país.
Onde é que estão?
Como diz a canção: Paroles, paroles, paroles,...




Obrigada pela visita. Volte sempre.



Sem comentários: