terça-feira, 3 de março de 2009

O Barbeiro

A quem dói um dente, vai à casa do barbeiro.
(Ditado Popular)



§§§§§------§§§§§




Nas encostas da serra, em terrenos rochosos e com grandes declives, trabalhando a pulso, os habitantes da região serrana estavam sujeitos a problemas de saúde e a acidentes de trabalho. Longe de médicos e dos hospitais, com fracos rendimentos económicas recorriam frequentemente a pessoas com conhecimentos de medicina popular, muitas vezes passados de pais para filhos.
O barbeiro teve um papel preponderante na saúde dos povos serranos que a ele recorriam frequentemente. Para além de cortar cabelos e fazer as barbas, arrancava dentes, fazia sangrias aplicando sanguessugas ou ventosas, escalda-pés, clisteres e outros tratamentos.
Há muitos anos atrás, o seu trabalho chegou mesmo a ser reconhecido, ocupando o último lugar na hierarquia hospitalar.



- Imagem retirada da net -




Para além dos barbeiros da Benfeita e do Porto Castanheiro, aos quais se faz referência no livro "João Brandão", muitos foram os que exerceram a sua profissão na serra do Açor.

Pessoalmente, apenas me lembro de ouvir falar do barbeiro do Piódão, quando era ainda uma criança.





Obrigada pela visita. Volte sempre.


6 comentários:

luantes disse...

oh Lourdes
tambem eu ainda me lembro de um ou dois barbeiros entendidos na matéria
em Bogas não havia mas lembro me do ti Joaquim Matias em janeiro de cima que percorria estas aldeias aqui ao redor exercendo a sua arte, tratahdo tambem de algumas maleitas tais como arrancar dentes, dores de estomago etc erc.
ás vezes as receitas não eram propriamente as mais indicadas mas muito raramente

Viriato Libertador disse...

Na Ilha da Lenha ainda existem muitos desses barbeiros. Junto ao Mercado dos Lavradores existem pelo menos 3 dessas barbearias "antigas" onde se pode cortar o cabelo ou fazer a barba sentados nessas magníficas cadeiras.

Dulce disse...

Lourdes,
Que preciosidade esse seu trabalho de divulgar cultura popular, de mostrar às gerações de hoje a vida nos tempos de outrora, tão mais difíceis, mas guardando lá seus encantos.
Parabéns!
bjs.

Pico minha ilha disse...

Por aqui também tinhas assim pessoas que faziam um pouco de tudo.Abraço dos Açores para o Açor

luis antunes disse...

Cara amiga
vou continuar a contar com a sua visita ao novo sitio que abri
bjsss

Dulce disse...

Lourdes
Parei um pouco mais aqui em seu cantinho hoje... sentei-me a um cantinho, só para ouvir as belas músicas que está nos oferecendo.
bjs.