terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Terça-Feira de Carnaval

Quem não dispõe de reservas em si próprio, é assaltado pelo aborrecimento que o espreita e em breve o dominará.
(Alain)




§§§§§------§§§§§


Esta Terça-Feira acordou risonha, iluminada por um bonito sol de Inverno que foi aquecendo à medida que o dia ia avançando e fez as delícias dos foliões, que desfilaram em várias localidades do país.
Como já tinha previsto, passei esta terça feira-gorda no aconchego do lar. Ao almoço tive a companhia da filha e da neta. E lá vinha ela com o seu fato de sevilhana, toda ufana da figura que fazia.






A restante parte da tarde, passei-a refastelada no sofá da minha sala a ler e dando, de vez em quando, uma espreitadela na televisão, onde se viam os desfiles de Carnaval dos vários pontos do mundo.
Quanto ao nosso, foi um desfile de sátira política e mulheres com disfarces cada vez mais reduzidos, acompanhados de música brasileira.
Quanto a mim, muito pouco interessante. O mesmo de sempre...




Obrigada pela visita. Volte sempre.



Sem comentários: