sábado, 14 de fevereiro de 2009

Eu e a Serra do Açor VI



O amor é o único jogo no qual dois podem jogar e ambos ganharem.
(Erma Freesman)


§§§§§------§§§§§



Nas minhas memórias da Serra do Açor, está bem presente o dia em que, em Lisboa num convívio regional, encontrei um antigo colega da escola da aldeia. Após algum tempo iniciámos o namoro e, mais tarde, casámos na capela de Sobral Magro.

- Eu e o Fernando com Avô como fundo -


Hoje, dia de S. Valentim, não podia deixar passar a data sem deixar aqui este testemunho sobre mais esta ligação que tenho com a serra do Açor: o meu marido.













3 comentários:

Dulce disse...

Um feliz Dia de São Valentim para você e o Fernando, e que esse amor ilumine cada passo de suas vidas.

Lourdes disse...

Obrigada Dulce. Para si... é um daqueles momentos em que me faltam as palavras.A minha solidariedade e um beijo grande talvez ajude.

Dulce disse...

Obrigada Lourdes.
Ajuda sim, obrigada.
bjs.