quinta-feira, 9 de março de 2017

Braga - Roma Portuguesa IV

Termino, hoje, os posts dedicados ao património religioso bracarense, com outro bem conhecido Santuário.

Santuário do Sameiro

Consagrado a Nossa Senhora da Conceição é  conhecido  por Santuário da Senhora do Sameiro. 
A construção deste santuário mariano, teve o seu início em 1863, com a construção de um pedestal para colocar uma estátua de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. 
Em 1870, erigiu-se uma capela para colmatar as exigências dos grande número de pessoas que  que afluíam ao local. Entretanto, este lugar era cada vez mais procurado pelos peregrinos e, em 1890, iniciou-se a construção duma Basílica, que apenas  ficou  concluída no século XX.
A Basílica 
 

A igreja tem características clássicas com a fachada principal de granito,  ladeada por duas torres sineiras ladeando o portal.  
O interior é  coberto por tectos em abóbada  na nave e em cúpula na capela-mor. Tem coro-alto e dois púlpitos.
 
O retábulo-mor é de inspiração barroca,  em mármore. 
Sobre o altar-mor, marca presença um valioso  sacrário de prata e uma imagem de Nossa Senhora, com uma valiosa coroa de 2,5 Kg em ouro maciço. 


Este Templo é rodeado por um conjunto de edifícios de apoio ao santuário, jardins, cruzeiro, fontes, capela de ex-votos, um magnífico parque...



Em frente do Templo, ergue-se uma escadaria  no alto da qual se avista uma das mais bonitas panorâmicas  sobre a cidade. Nesse local, existem dois altos pilares em granito, sobre os quais se erguem as imagens  da Virgem Maria e do Sagrado Coração de Jesus.
Sob a Basílica, foi construída uma cripta destinada a acolher os peregrinos que se deslocam ao  Santuário.
 



Obrigada pela sua presença. Volte sempre.


Sem comentários: