terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Sesimbra

Sesimbra é uma  vila piscatória, banhada pelo Oceano Atlântico, pertencente ao distrito de Setúbal.
Sobre a história de Sesimbra, sabe-se que é de origem muito remota, pois existem vestígios da presença humana desde a Idade do Cobre.


O núcleo urbano teve o seu início no castelo pelo qual passaram vários povos invasores e, ao longo dos anos, foi  sofrendo  com as lutas, entrando em ruína.
D. Sancho I mandou reconstruir o castelo e  concedeu-lhe  foral em 1201.
Para que a região fosse  repovoada,   foram dadas terras aos pescadores e, no reinado de D. Dinis, foi fundada  uma pequena aldeia  junto ao mar, que passou a ser conhecida por Póvoa de Ribeira de Sesimbra.

A povoação foi-se desenvolvendo e, nos séculos seguintes, viria a ganhar grande  importância na construção naval. D. Manuel I concedeu o Foral Novo à vila em 1514 e mandou construir o forte    de São Valentim.
Durante o domínio Filipino, o forte foi atacado várias vezes e entrou em ruínas. Após a Restauração da Independência Nacional,  foi construído no mesmo local uma nova fortificação: o Forte de Santiago.

Durante o século XX, a povoação registou um acentuado desenvolvimento com o incremento  do turismo e, actualmente, Sesimbra é um dos locais mais procurados  pela sua tranquilidade,   pontos turísticos, paisagens e pela sua praia.

Do património de Sesimbra destacam-se:
Castelo
Igreja de Nossa Senhora do Castelo
Forte de Santiago
Capela do Espírito Santo dos Mareantes

Casa do Bispo
Igreja Matriz de Santiago

Museu do Mar
Museu Municipal
Pelourinho de Sesimbra

Capela da Santa Casa da Misericórdia
Cruz do Calvário
     


Obrigada pela sua presença. Volte sempre.













2 comentários:

Berço do Mundo disse...

Olá Maria de Lurdes, venho do "Sexta Feira" da Elvira, onde vi o link para a sua "casa" e gostei muito do que li. A região que pior conheço no nosso país é o sul à excepção do Algarve, ou seja, região de Setúbal e o Alentejo. O seu texto aguçou ainda mais a curiosidade.
Abraço
Ruthia d'O Berço do Mundo

Elvira Carvalho disse...

Eis uma localidade de que gosto muito, e onde vou várias vezes já que moro relativamente perto.
Um abraço e um Março sereno e feliz