quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Alto de São Pedro Dias

 
Antes da construção da IP 3, quando me deslocava para Sobral Magro,  percorria um percurso completamente diferente a partir de Coimbra. 
Tinha que atravessar a cidade, enfrentando a demora do trânsito citadino e a seguir percorrer  a  Estrada da Beira até Vendas de Galizes, com todo o movimento rodoviário internacional.
Alguns quilómetros depois da saída da cidade, iniciava uma subida perigosa, estreita e sinuosa, onde os camiões TIR, complicavam a vida dos condutores de automóveis ligeiros.

No alto da subida, no alto de São Pedro Dias, ganhávamos novo ânimo. A visão da serra do Açor era prenúncio de estar a chegar ao ansiado  destino e até o trânsito parecia menos complicado.
Actualmente, a estrada foi melhorada mas continuo a preferir percorrer mais alguns quilómetros a ter que atravessar Coimbra e subir a encosta de São Pedro Dias.

As imagens que figuram no post de hoje são  Alto de São Pedro Dias, na actualidade.





Obrigada pela sua presença. Volte sempre.




Sem comentários: