quarta-feira, 1 de abril de 2009

Acidente Fatal na Estrada do Sobral Magro



Os homens são como ondas: quando uma geração floresce, a outra declina.
(Homero)


§§§§§------§§§§§


A morte parece rondar a freguesia de Pomares, pois na madrugada de ontem faleceu o Manuel Fonseca, residente no Porto Silvado.
Era natural da Gramaça e casado com a Maria Adelaide natural do Porto Silvado, onde fixou residência após a reforma. Era pai do João Pedro e da Susana.

Saíra pela tarde para ir a Pomares comprar tabaco, mas já não regressou a casa. Iniciaram-se então as buscas, que terminaram de madrugada com o aparecimento do corpo já sem vida, dentro do carro que se despenhara num precipício da estrada que liga a sede de freguesia ao Sobral Magro, junto ao cruzamento para a sua aldeia de residência.
O Porto Silvado está em choque. O Manuel era uma boa pessoa, alegre, brincalhão e prestável para toda a gente. Todos os dias após o almoço, estava presente na Casa de Convívio para uma partidinha de cartas, jogo do qual não prescindia. Era um condutor experiente, pois grande parte da sua vida profissional foi passada ao volante dum automóvel, nada fazendo prever uma morte assim.
Neste momento, o seu corpo encontra-se à espera de autópsia e o seu funeral está previsto para amanhã.



- Uma imagem que não se repetirá com o Manuel Fonseca -




À família enlutada, em especial à Maria, à Susana e ao João Pedro envio os meus sentidos pêsames.
Manuel, que a tua alma descanse em paz. Até sempre amigo.

Nota:
Apesar de hoje ser dia das mentiras, este facto, infelizmente, aconteceu na realidade.

Obrigada pela visita. Volte sempre.

2 comentários:

Dulce disse...

Lourdes,
só posso dizer que acontecimentos assim são sempre muito tristes e esperar que a família encontre conforto e força para superar esse momento.

Lourdes disse...

É verdade, Dulce. E em aldeias pequenas todos somos primos e primas, acabendo por sentirmos muito cada perda.
Beijos