quarta-feira, 15 de abril de 2009

Mar


A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte.
(Gandhi)


§§§§§------§§§§§

Terminei mais um quadro que vou partilhar com quantos passam pelo blog. Desta vez, inspirei-me numa foto da net e juntei um poema de Sophia de Mello Breyner Andresen.




Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim.
A tua beleza aumenta quando estamos sós

E tão fundo intimamente a tua voz
Segue o mais secreto bailar do meu sonho.
Que momentos há em que eu suponho
Seres um milagre criado só para mim.




Obrigada pela visita. Volte sempre.

3 comentários:

Dulce disse...

Lourdes,

é um lindo trabalho!...

Parabens, e obrigada por dividir conosto essa sua arte.
Beijinhos.

Anónimo disse...

Lourdes tambem faço umas pinturas em acrilico um dia qualquer vou mustra algumas no voz do Goulinho. Mas as tuas são de uma artista muito muito bonito

voz do Goulinho

ALA poemas

Lourdes disse...

Obrigada pelos vossos simpáticos comentários, amigos Dulce e António.
Aguardo com ansiedade as pinturas do António.
Beijinhos