sexta-feira, 27 de abril de 2018

Porque É Fim de Semana: União das Freguesias de Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão

Porque é fim de semana, vamos prosseguir na descoberta  das  freguesias  do concelho  de  Fornos de Algodres e conhecer um pouco da União das Freguesias de Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão.

Juncais

Juncais é uma localidade que foi sede de freguesia até 2013, ano em que a reforma administrativa nacional, a extinguiu,  para, em conjunto com Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão, formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão, da qual é a sede.
Esta povoação que em 1527 se denominava por Jumcães, fez parte do concelho de Linhares, extinto em 1855, passando então para o concelho de Celorico da Beira. Em 1898, foi integrada no município de Fornos de Algodres, do qual faz parte actualmente.


O orago de Juncais é Santiago.
A igreja de Juncais possuía casa de residência paroquial, com magníficos e extensos passais anexos.


Na aldeia existe uma antigo solar do séc. XVI, construído em granito, com o brasão dos  seus proprietários,  Família Barata Veloso.

O Solar tem  capela, dois pátios interiores e um jardim com fonte de excelente água. Está classificado como imóvel de interesse público e actualmente é um  Alojamento de Turismo Rural.

Desta antiga freguesia faziam parte também as aldeias de Cadoiço e Ponte de Juncais.

Vila Ruiva



Vila Ruiva fez, igualmente, parte do concelho de Linhares, mais tarde do concelho de Gouveia e, finalmente, do  de Fornos de Algodres.
Foi também sede de freguesia extinta em 2013.
Na região onde se localiza esta povoação, existe uma  Necrópole Medieval formada por 22 sepulturas escavadas na rocha.


O Orago de Vila Ruiva é  Nossa Senhora da Graça. 
No interior destaca-se a imagem muito antiga da sua padroeira.
Durante as guerras napoleónicas a igreja foi bastante vandalizada, sendo destruídos os seus  altares de talha dourada. 

Vila Soeiro do Chão




Esta  é a terceira antiga freguesia a fazer parte da União de Freguesias de Juncais, Vila Ruiva e Vila Soeiro do Chão.
O  povoamento nesta localidade aponta para o século XII ou seguinte e teve origem numa das aldeias do termo de Linhares. 
O topónimo poderá advir  dum povoador ou talvez dum fidalgo mas, nas Inquirições de D. Dinis,  não constava  entre as povoações pertencentes a fidalgos.
Segundo consta no "Cadastro da População do Reino", de 1527, Vila Soeiro do Chão teria pertencido a Mesquitela, apresentando o nome de "Vila Soeyra do Chaom".


O Orago da aldeia é  Nossa Senhora da Saúde que é venerada  numa bonita igreja, situada no centro da povoação.

Fonte: Wikipédia e blogues de Algodres
Fotos da Internet






Obrigada pela sua presença. Volte sempre!





Sem comentários: