segunda-feira, 9 de abril de 2018

Coimbra: Universidade

Após a minha última deslocação a Coimbra, resolvi dedicar mais alguns posts a esta linda  cidade de que sempre gostei muito. Vamos visitar os seus locais mais emblemáticos. 
Sendo muitas vezes apelidada por "cidade dos estudantes", vamos começar pela  sua Universidade, a primeira fundada no país. 


Situada num local que se avista de longe, destacando-se no meio do casario, foi fundada pelo rei D. Dinis.
Funcionando umas vezes em Lisboa, outras em Coimbra, fixou-se definitivamente nesta última cidade, no Paço da Alcáçova, em 1537. Com o passar dos anos foram acrescentando novos edifícios ao Paço da Alcáçova, que passou a ser conhecido por "Paço das Escolas". Pelo seu interesse histórico e arquitectónico, destacam-se:
- A Porta Férrea


Data de 1633/34 e é a porta de entrada no Paço da Alcáçova.


- A Capela de São Miguel


Data provavelmente do século XVI, com estilo manuelino. 
O retábulo principal é de talha dourada, considerado uma obra prima do maneirismo português.
O órgão é de estilo barroco datado de 1733.

- O Colégio de São Pedro
Fundado em 1540, por D. Rodrigo de Carvalho, na Rua da Sofia, foi transferido para os aposentos dos infantes no Paço das Escolas, em 1574.

- A Biblioteca  


Foi mandada construir por D. João V, entre 1717 e 1725.  
Devido às riquezas vindas do Brasil, é uma esplendorosa  obra de estilo barroco.
Uma porta monumental dá acesso ao interior revestido por estantes forradas a folha de ouro e decoradas com motivos chineses.
Em destaque na Biblioteca, encontra-se o retrato de D. João V, o patrono desta biblioteca, uma das mais belas do país.


- A Torre 


Construída entre 1728 e 1733, tem 33,5 m de altura. No topo tem um relógio, um miradouro e vários sinos, sendo um deles chamado de "cabra", que era o que marcava a hora de despertar e recolher dos estudantes.

- A Via Latina 


 É uma varanda construída entre 1773 e 1777, situada na fachada principal do antigo Paço Real.


Obrigada pela sua presença. Volte sempre!

Sem comentários: