domingo, 9 de janeiro de 2011

Parabéns Ana Teresa




Hoje é um dia especial para O Açor. O post de hoje é inteiramente dedicado à Ana Teresa.
A Ana Teresa é a pessoa mais jovem a residir no Sobral Magro.  Entre a idade dela e a idade mais próxima há uma grande distância, não havendo outros jovens com interesses comuns, senão em datas festivas ou férias. Este era motivo mais que suficiente para eu lhe dedicar um post.
No entanto, já todos os que visitam este espaço devem ter percebido que, a Ana Teresa é uma grande colaboradora minha pois dá-me conhecimento, em cima da hora, dos acontecimentos da aldeia e da região,  com as suas fotografias. Começou timidamente com o telemóvel a fotografar o que lhe estava mais próximo e, rapidamente apanhou o "bichinho" e comprou uma máquina fotográfica.
Mas, o principal motivo que me leva a dedicar-lhe o post é porque ela faz anos hoje.
Por isso:
PARABÉNS!

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.


5 comentários:

Ana Martins disse...

Parabéns então à Ana Teresa, que este dia seja pleno de alegria, e que se repita por muitos e longos anos sempre na companhia de todos os que a amam e lhe querem bem.

Quanto ao livro Lourdes, peço que me contacte para o meu e-mail que está na barra lateral do meu blogue, envie-me por favor a sua morada, para que lho possa mandar.

Beijinho e que depressa se restabeleça totalmente é o que desejo.

Ana Martins

Campista selvagem disse...

Então parabens, pelos anos e por resistir evitando assim que a aldeia fique deserta.
agora pergunto, onde fica a aldeia e como chego, qual o parque de campismo mais procimo, será Coja?
agradecia a imformação.

Flora Maria disse...

Parabéns, Ana Teresa, pelo aniversário, e pelas lindas fotos que envia para o Açor e que podemos apreciar com gosto !

alfacinha disse...

Ana dá cor aos montanhas
cumprimentos de Antuérpia

Mariazita disse...

Pois então, por teu intermédio, um abraço de parabéns à Ana Teresa, a quem desejo as maiores felicidades.
É muito bonita a homenagem que lhe prestas.

Boa semana. Beijinhos

PS - "Naquele dia" as baratas também foram à missa, sim. E aquela descarada até apanhou boleia, não precisou sujar os sapatinhos de veludo :))))