quarta-feira, 15 de julho de 2009

Hedychium gardneranum Sheppard ex Ker-Gawl / Conteiras


Todas as lindas flores e os suculentos frutos do futuro dependem das sementes plantadas hoje. (Provérbio Chinês)
§§§§§------§§§§§


Estive há anos de férias na bonita ilha de São Miguel, no Arquipélago dos Açores.
Na altura já as hortenses se apresentavam em declínio de floração, mas as encostas da ilha estavam cobertas com um manto amarelo derivado da cor de uma qualidade de flores que eu desconhecia.
A guia que nos acompanhava informou-nos que o nome técnico destas plantas era Hedychium gardneranum Sheppard ex Ker-Gawl, mas que eram conhecidas por vários outros nomes: Roca-da-velha, Roca-do-vento, Rubim, Flor-de-besouro, Choupa, ou Conteira como é conhecida nos Açores.




- As Conteiras na berma das estradas açoreanas -


Apesar da beleza que estas plantas conferem aos locais onde se encontram, não são muito bem vistas por alguns naturais dos Açores, porser uma planta considerada infestante.
Apesar das indicações que me deram, lá trouxe dois pezinhos para plantar num dos canteiros do meu jardim. Assim aproveitei um nas traseiras, onde seria mais difícil a sua propagação e plantei-os lá. Até há dias, nunca lhe vira nenhuma flor e, pensava já que o clima do Continente não seria apropriadao para esta planta de que eu gostara tanto.
No entanto, há dias as flores apareceram e agora dão um novo colorido ao meu jardim.


- As Conteiras no canteiro do meu jardim -



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

4 comentários:

Miguel disse...

Também por lá passei (São Miguel, Açores) e fiquei fascinado com a conteira, pelo que não resisti a plantá-la numa floreira do meu terraço. É linda e, curiosamente, floresceu duas vezes, esta ano. Como é o primeiro ano em que floresce, não sei se é habitual ter estes dois ciclos, ou se ficou confusa com o clima do continente.
Bom, talvez seja para me retribuir o quanto eu gosto dela!

Anónimo disse...

A plantação de uma planta invasora, sem a mínima noção dos efeitos, não é uma atitude muito inteligente!

Anónimo disse...

Então mas sabem que é uma planta invasora e plantam-na ainda assim?? Além de ilegal é absurdo. Há com cada uma...

Lourdes disse...

Plantei esta es+écie num vaso, num local onde não tem hipótese de se propagar. Se tivermos cuidado, podemos aproveitar a beleza das plantas e evitar que els se tornem invasores.