segunda-feira, 15 de maio de 2017

À Descoberta de Bilbau


A viagem prosseguiu a caminho de Bilbau, capital de Biscaia, uma das  províncias da comunidade autónoma do País Basco.
A cidade de Bilbau fica situada entre montanhas e é  atravessada pela ria de Bilbau.


Desde a sua fundação no início de século XIV, sempre foi um centro de comércio importante, pois o seu porto sempre teve uma importância primordial, na exportação da lã produzida em Castela. 

Em meados do século XIX e início do século XX, a exploração mineira, nomeadamente a exploração metalúrgica, veio dar um novo fôlego à cidade, tornando-a numa cidade mais  industrializada. 


Nos últimos tempos, tudo se alterou e tornou-se numa cidade essencialmente de serviços.
Em Bilbau há vários locais de interesse turístico, dos quais destaco:

- Cidade Medieval

Percorrendo as pouco mais de sete ruelas da  zona histórica da cidade, chamam-nos a atenção as bonitas e bem conservadas fachadas
de edifícios referentes às diversas épocas de construção.
Estas ruas estão repletas de lojas de comércio, fazendo com que o bairro pareça um grande centro comercial.

- Plaza Nueva

Construída em 1840, em estilo neoclássico, era o local de encontro e lazer dos bilbaínos. 
Nas suas galerias, abundam  cafés e outros estabelecimentos comerciais.  Actualmente,uma parte do edifício é ocupado pela Academia do Idioma Basco.
- Catedral


A catedral de Bilbau é   dedicada a Santiago e  ergue-se em pleno centro histórico, desde o final do séc. XIV. A fachada e a torre foram reformadas no séc. XIX.



O interior tem 3 naves e o tecto é  coberto por abóbadas em cruzaria, típicas do gótico. Nas  naves laterais existem várias capelas.


Igreja de São Nicolau


A igreja de São Nicolau é um  templo de estilo barroco inaugurado em 1756 e era  uma ermida do bairro  pescadores.


- Teatro Arriaga
 

Este  edifício de estilo neobarroco, é uma das principais salas de espectáculos da cidade.
Foi inaugurado em 1890 e o seu nome presta uma homenagem ao compositor bilbaíno Juan Crisóstomo Arriaga.


- Estação Ferroviária da Concórdia


Esta bela estação, apresenta uma bela arquitectura de princípios do séc. XX.

- Casa Consistorial de Bilbau


 A Casa Consistorial de Bilbau foi construída em 1892 e é, actualmente, a sede ao Município de Bilbau.
Na fachada, destacam-se duas estátuas representando a lei e a justiça.

Museu Guggenheim

O Museu Guggenheim, inaugurado em 1997, é uma visita obrigatória para quem chega à  cidade. Este, que é um  dos principais ícones de Bilbau,  foi  obra do arquitecto Frank Gehry.

O edifício, situado nas margens do rio Nervión, chama a atenção pela sua arquitectura contemporânea, com um formato parecido com  um barco, coberto por placas de titânio, que  se assemelham a escamas de um peixe. 

A rodear o Museu várias figuras compõem este conjunto arquitectónico vanguardista.
No interior, o átrio com cerca de  50 metros de altura dá acesso a   corredores e andares onde estão patentes várias exposições temporárias e apenas uma permanente : The Matter of Time.


 
Obrigada pela sua presença. Volte sempre.



Sem comentários: