quarta-feira, 10 de maio de 2017

À Descoberta da cidade de Leão

De Zamora partimos para Léon, a segunda cidade da província autónoma  de Castela e Leão, que visitámos.
Fundada no século I, pelos romanos tem,  na sua zona histórica, vestígios deixados pelos seus fundadores.
Após um passeio panorâmico pelo seu "casco" histórico, visitámos em pormenor, alguns dos mais importantes pontos de interesse que a cidade oferece aos seus visitantes. De entre todos, destaco:

- Muralhas


As muralhas da cidade de León têm origem romana, rodeiam o  centro histórico da cidade
e foram declaradas Monumento Histórico-Artístico.  

- Catedral de Santa Maria

A Catedral, em estilo gótico, foi construída  entre os séculos XIII e XIV,  inspirada na catedral francesa de Reims. 
A fachada principal é duma riqueza arquitectónica majestosa. O corpo central,  ladeado por duas torres góticas exibe um conjunto de belas estátuas, uma notável rosácea e o  pórtico central que ostenta ao centro uma estátua representando Nossa Senhora Branca. 
O interior é também duma beleza e riqueza únicas. 
Nas paredes laterais,  um magnífico conjunto de vitrais que se estendem por vários andares, iluminam todo o interior da catedral.

No topo destaca-se o magnífico retábulo neogótico consagrado a Nossa Senhora, datado do século XV. 

Na catedral existem ainda várias capelas, sepulturas de membros do clero  e de alguns nobres    e um museu onde está patente uma valiosa colecção de obras de arte sacra.


- Real Colegiada da Basílica de Santo Isidoro
  

Basílica de Santo Isidoro situa-se encostada à muralha romana, tendo o a sua construção começado no ano 956. Nela se encontram os restos mortais do seu patrono, que foram  trazidos de  Sevilha. É um dos exemplares de arquitectura românica mais importantes do país  vizinho.
O interior possui planta de cruz latina com três naves, onde a  beleza combina com a sobriedade. 
A Capela-Mor, outrora de estilo românico foi substituída por uma de estilo gótico. 

O  retábulo é constituído por 24 tábuas pintadas, onde está exposta a Sagrada Custódia, debaixo da qual sobressai uma pequena arca em estilo neoclássico, contendo  os restos mortais de Santo Isidoro. 
A rainha Sancha escolheu este templo para Panteão Real. O local é coberto com um tecto em forma de abóbada, toda ele coberto com pinturas, realizadas na segunda metade de século XII.


- Palácio de los Guzmanes

Este edifício foi habitação de duas famílias nobres da cidade: os Guzmanes e os Quiñones.
Actualmente é  a sede da Província de León.

Duma época mais actual, existem  também alguns edifícios mais recentes e de grande interesse, dos quais destaco:

- Casa Botines

Este edifício  de autoria de  Antonio Gaudi, foi construído em 1891, para habitação e armazém de uma empresa têxtil.
De estilo neogótico, possui quatro pisos, um sótão e um átrio. Sobre a porta de entrada, destaca-se a imagem de São Jorge matando o dragão.
Actualmente, é propriedade dum Banco.
Em frente ao edifício há uma escultura de Gaudí, sentado num banco.

Obrigada pela sua presença. Volte sempre.



Sem comentários: