terça-feira, 8 de maio de 2012

Flores para Festa

O Verão está próximo e com ele vêem as festas regionais. Este ano, na minha aldeia foi lançado o desafio de se fazerem e enfeitarem arcos como antigamente. Prometi aos meus conterrâneos um PAP com a explicação de como outrora se faziam as flores  que enfeitavam a aldeia.
Aqui vai ele para quem não souber fazer. É muito simples. A única diferença é o material utilizado. Antigamente as flores  eram feitas de papel e estas são de plástico. Muitas vezes chovia e era frustrante vermos o trabalho de tantas tardes desfazer-se com a chuva. Assim, para além destas terem maior resistência é também uma forma de reutilizar plástico.
O exemplo que se segue foi feito aproveitando um saco de compras.

Photobucket

 Cortam-se tiras de plástico com o dobro da largura que pretendemos para a flor.

Photobucket

Coloca-se um fio na parte central da tira, a todo o seu comprimento e dobra-se a tira de plástico ao meio. ( Na aldeia usavam fio do Norte por ser bastante resistente).

Photobucket

Dobra-se de novo ao meio, no sentido do comprimento, tendo o cuidado de segurar o fio dentro da tira de plástico  dobrada, para ele não sair do local.

Photobucket

Continuando a segurar o fio ( no meio) vão-se empurrando para o centro,as extremidades do plástico.

Photobucket
Vai ficar com este aspecto. Aperta-se bem o fio.  
Photobucket
Dão-se dois nós com as extremidades do fio.
Photobucket
Finalmente, ajeitam-se as tiras dando-lhes a forma duma flor.

Photobucket
E é este o resultado.

Espero que tenham entendido a explicação e que possam fazer muitas destas e doutras flores para que a nossa aldeia tenha um aspecto mais alegre e colorido  nos dias de festa.

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

1 comentário:

Artes e escritas disse...

A ideia é linda e aproveitável para diversas ocasiões. Um abraço, Yayá.