terça-feira, 27 de outubro de 2009

Em Prosa e Verso

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
(Fernando Pessoa)

------------------------------------------
Hoje vou escrever sobre alguém que conheci através do mundo virtual há uns meses atrás. Chama-se Dulce e entrou no meu mundo através do Açor, comentando um post. Fui ver quem era a autora do simpático comentário e deparei com um blog de nome Em Prosa e Verso. Li o post do dia e depois o anterior, o anterior, o anterior, etc., etc..
A cada post que lia, encontrava sempre alguma coisa com a qual me identificava e, cheguei à conclusão que temos alguns gostos e parte do percurso de vida idênticos.
A partir de então, fiquei visita diária do Em Prosa e Verso que faz hoje um ano de existência e que recomendo a todos uma visita em: http://em-prosa-e-verso.blogspot.com/.


Agora, vou fazer uma viagem virtual até ao Brasil para, com a amiga Dulce, comemorar o aniversário do seu lindo blog e, vou levar também um presente: uma flor muito especial do meu jardim que tem o mesmo nome que tinha a minha mãe.



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

4 comentários:

Dulce disse...

Lourdes

Nem sei como agradecer suas palavras, seu carinho de amiga. Estou feliz e comovida, principalmente por ser flor que lembre sua mãe, o significado fica muito maior.
Obrigada, amiga, de coração. Ele fica no Em Prosa e Verso e também no Livro dos meus selos, para lembrar a todos o valor da amizade.
Beijos

Tinha deixado um prêmio para o açor, não sei se viu - porque seu blog, para mim, por tudo que nos mostra e ensina, é VIP

Osvaldo disse...

Lourdes;

É bem nobre da sua parte, esta homenagem à Dulce, uma Grande Senhora brasileira de origens Madeirenses e que inunda todos os visitantes do seu blog com a mais pura das culturas que é a cultura literária.

Parabéns Lourdes,

Osvaldo

Lourdes disse...

Dulce
Não tem que agradecer, pois mereceu inteiramente aquilo que escrevi e que ficou muito aquém daquilo que recebi da sua parte nos últimos meses.
Vou já buscar o prémio que tem para mim.
Beijinhos

Lourdes disse...

Osvaldo
A Dulce tem sido uma companheira assídua na Internet e as suas crónicas têm-me trazido à lembrança fases da minha vida semelhantes, apesar de ocorridas a muitos quilómetros de distância. É realmente uma grande Senhora, que muito admiro.
Beijinhos