segunda-feira, 29 de junho de 2009

Santos Populares

Santo António já se acabou
O S. Pedro está-se a acabar
S. João, S. João, S. João
Dá cá um balão para eu brincar.

§§§§§------§§§§§





Hoje, dia de S. Pedro encerram-se os festejos dos santos populares.
Acabámos de atravessar uma época em que, há anos atrás, as pessoas se divertiam muito.
Não havendo a quantidade de divertimentos que actualmente temos à nossa disposição e sendo a vida bastante difícil, as pessoas davam muito mais valor às festas populares que eram aguardadas com grande ansiedade.





- Santo António -


Dias antes os moradores dos bairros populares iniciavam os trabalhos de ornamentação das suas ruas e,em pouco tempo, tudo ficava diferente.
Enfeitadas com arcos, festões e balões estavam prontas para os dias de festa. Um vaso de manjericos com a respectiva quadra popular era quase obrigatório em todas as janelas das habitações. À porta dos prédios as crianças construíam as cascatas, que eram tronos bem ornamentados onde colocavam o Santo António, S. João e S. Pedro. Depois era só esperar a passagem de alguém para logo irem pedir um tostãozinho para o Santo António, para o S. João ou para o S. Pedro, conforme a data.
Em alguns largos dos bairros populares montava-se um coreto, onde uma pequena banda (cavalinho) tocava algumas marchas e músicas populares, para animar as pessoas que passavam e aguçar-lhes o apetite para um pezinho de dança.



- S. João -

Em todas as ruas havia uma ou mais tabernas e nestes dias colocavam à porta algumas mesas , bancos e fogareiros onde assavam sardinhas que vendiam aos forasteiros que passavam em busca de divertimento.
Aqui e além, grupos de rapazes e raparigas acendiam fogueiras que saltavam com destreza entre grande animação e algumas juras de amor.
Entretanto queimavam-se alcachofras que se colocavam à janela para, na manhã seguinte, se ir ver se as juras de amor da noite anterior eram verdadeiras, o que acontecia só se a a alcachofra voltasse a florir.



- S. Pedro -
Hoje em dia, a oferta de diversões ao longo do ano é grande e bastante variada. As festas dos santos populares já não são esperadas com a ansiedade de outrora e, embora ainda se realizem em algumas das cidades que tentam manter a tradição, perderam muito do seu encantamento e magia.


Fotos retiradas da Net.

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

2 comentários:

Anónimo disse...

Santo António para ver as moças
Fes-lhe uma fonte de prata
As moças não vão à àgua
Santo antónio todo se mata

São João batisou Cristo
Cristo batisou João
Ambos foram batisados
Lá no rio de Jordão

São Pedro rei da Igreja
Tem a careca ao leu
É só ele que tem a chave
Para abrir a porta do céu

VOZ DO GOULINHO
António Assunção

Dulce disse...

Lourdes

Acabou-se junho, acabaram-se as festas juninas ou as festas populares dedicadas aos santos do mês. Não é uma pena?
E já lá vamos nós caminhando em ritmo acelerado, rumo ao final do ano, porque daqui pra frente vai parecer que o tempo acelerou seus passos.
Melhor nem pensar... rs...
beijinhos