domingo, 21 de junho de 2009

O Verão Está Aí

É melhor fazer a coisa mais insignificante do mundo do que perder mais hora.
(Johann Wolfgang von Goethe)



§§§§§------§§§§§


Iniciou-se hoje o Verão.
O dia amanheceu quente, dando indícios de que iria estar propício para um passeio em busca duma região mais fresca. Por essa razão, decidimos ir fazer a chamada "Volta Saloia". Nos meus tempos de juventude, ir até Sintra, era um dos passeios que mais fazia ao Domingo com os meus pais.

- Os meus pais, eu e o meu tio José Mendes, em Sintra -

Há muito que não me deslocava para aquela zona dos arredores de Lisboa e grande parte da paisagem a que estava habituada, apresentava diferenças notórias. Muita da zona campestre deu lugar aos blocos de cimento. No lugar das pequenas casas rurais apareceram prédios de vários andares. As pequenas povoações que para além dos camponeses, só tinham mais gente nas férias e fins de semana, tornaram-se cada vez mais habitadas e aquela zona transformou-se num dormitório de Lisboa.
Uma coisa que não está diferente é o clima. Uma vez mais, ao aproximarmo-nos de Sintra, uma neblina fresca apresentou-se aos nossos olhos encobrindo a paisagem.

- Aspecto da região, sob a neblina -

Seguimos depois, para a Ericeira, onde tínhamos marcado o almoço. No percurso, o tempo ora se apresentava limpo ou com uma neblina cerrada. Numa outra altura do ano, estas condições meteorológicas seriam bastante desagradáveis, mas no dia de hoje e após os últimos dias de intenso calor, aquele fresquinho soube-nos bem.

- O moinho situado junto ao restaurante, onde almocámos -

Após o almoço, o tempo descobriu. Apesar do sol forte e quente, uma brisa fresca e húmida, que soprava do mar, não deixou que o calor se tornasse insuportável. Pudémos então desfrutar da bonita paisagem que se avista do local.
Por fim, regressámos a casa, neste primeiro dia de Verão, que passámos duma forma bastante agradável, numa das zonas mais bonitas dos arredores de Lisboa.

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

6 comentários:

Osvaldo disse...

Olá Lourdes;

É a evolução,o progresso, o furo,... dêem-lhe o nome que quizerem, mas também é verdade que Sintra continua um lugar aprazivel e bonito para se visitar.

E viva o verão!...

bjs,
Osvaldo

Dulce disse...

Lourde

Sintra é um dos lugares mais lindos que conheci quando de minhas viagens a Portugal, Já parecia conhece-la através dos livros de Eça de Queiros. Visita-la foi um enorme prazer, e lá passei três dias muito agradáveis.
Imagino como tenha sido bom o seu domingo, com passeio tão bonito.
beijinhos

Viriato Libertador disse...

Acho esses moinhos simplesmente espectaculares. Na nossa Ilha do Porto Santo ainda existem alguns embora poucos para meu gosto.

Lourdes disse...

Pois é Osvaldo. Sintra tem recantos de rara beleza e quando lá vamos, regressamos sempre com vontade de voltar.
Bjos

Lourdes disse...

Olá Dulce.
Foi um bonito passeio e um dia passado num local onde não se fazia sentir o intenso calor a que temos estado sujeitos nos últimos dias. Muito agradável, mesmo.
Bjos

Lourdes disse...

Olá Viriato.
Aqui no Continente, também já há poucos moinhos tão bem conservados como o da fotografia.É uma pena, pois eles fazem parte da história de vida dos nossos antepassados. Bjos