segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

A Família Continua a Diminuir

Tudo em nós é mortal, menos os bens do espírito e da inteligência.
(Ovídio)


§§§§§------§§§§§


A família está a diminuir rapidamente.
Ainda não estava recomposta do falecimento duma tia e já estava a receber a notícia do falecimento doutra. Desta vez foi a tia Deolinda, o elemento mais idoso da família.
Nascida a 1 de Novembro de 1911 em Porto Silvado, viria a casar com José Bento (já falecido) natural do Vale do Torno, onde fixou residência.
Actualmente encontrava-se no Lar de Sandomil.
Não mais iremos ouvir os versos que fazia, nem as modas de antigamente que cantava, nem as gargalhadas que soltava quando a visitávamos.

Ontem disse-nos adeus para sempre.
Hoje acompanhámo-la à Igreja de Pomares onde, próximo da pia onde foi baptizada, o padre Sousa encomendou a sua alma.
De seguida, conduzimo-la à sua última morada - o cemitério de Pomares.
Que Deus a receba no Céu e que a sua alma descanse em paz.



Sem comentários: