segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Artesanato


Nossa vida é o que nossos pensamentos dela fazem.
(Marco Aurélio)


§§§§§------§§§§§


É conhecido o meu gosto pelos trabalhos manuais, que começou ainda muito novinha.
Este gosto mantém-se e, penso que no meu código genético havia uma grande propensão para as actividades ligadas à arte. Nunca a desenvolvi na medida dos meus desejos. Eu ainda sou do tempo em que não era muito bem visto as meninas seguirem áreas artísticas.

Com a minha mãe, exímia rendeira, aprendi a fazer os primeiros pontos de crochet e mais tarde de bordados.

O meu pai tem também muito jeito para o artesanato ( em especial para esculpir madeiras), tendo até algumas peças, executadas por ele, expostas no Museu de Arganil.




- Algumas peças de madeira feitas pelo meu pai -

Nas férias, que passava no Sobral Magro, sempre gostei de me juntar aos grupos de raparigas, que passavam a hora do calor no balcão da casa da tia Idalina, mesmo em frente à casa da minha avó. Aí se faziam lindas rendas e entremeios com os quais se enfeitavam lençóis e toalhas de enxoval. Aí comecei também a fazer o meu.

Ao longo do meu percurso académico, desenvolvi outras aptidões em outros tipos de artes.


- Pintando camisolas com os alunos -



No exercício das minhas funções docentes, tentei despertar nos meus alunos o gosto pelo artesanato e, em muitos casos, consegui atingir os meus objectivos.
No final de cada ano lectivo, fazia exposições com os trabalhos dos alunos, que os pais apreciavam e valorizavam bastante.



- Azulejo (Prenda para o Dia do Pai) -


A nossa região é fértil em artesãos e, por essa razão, resolvi abrir um tópico neste meu blog, para quem nele quiser colaborar.
Já tenho mostrado alguns trabalhos meus e de naturais de Sobral Magro, mas gostaria de divulgar as “habilidades” de outros amigos em especial da nossa região: o Açor.Por essa razão, lanço aqui um desafio a quem desejar mostrar os seus trabalhos, que o faça enviando-me fotografias dos mesmos, a sua identificação e aldeia de origem.

Espero que aceitem o meu desafio.


- Peças de cerâmica pintadas por mim -

3 comentários:

luantes disse...

Já me tinha apercebido que tinha queda para o artesanato
mas fiquei maravilhado com tão lindos trabalhos
alem disso creio que essa predisposição ja vem d e familia já que o seu pai era um artista afinal
abraço
Luantes

Anónimo disse...

Éstas belezas apresentadas só são conseguidas penço eu por alguem que tem na sua mão a mão de DEUS para fazer imagens tão perfeitas porque o trabalhar a madeira com essa perfeição não é facil.
PARABENS a tão genial artista.
e para ti amiga Lourdes que de certeza te sentes orgolhosa de teres um Pai com alma grande de Artista obrigado por nos teres mostrado essa maravilha acredita é maravilhoso termos na nossa serra gente que nos seus tempos livres se entrega de alma e coração á obra e divulgação da santidade.
Por min mais um vez obrigado.
Antonio Assunção
VOZ DO GOULINHO

Dulce disse...

Lourde
O artesanato tambem sempre foi uma das minhas paixões e esses trabalhos de seu pai são lindos. Como lindos estão seu prato e jarro pintados. Um trabalho delicado, de muito bom gosto. Parabéns.
Beijos