quarta-feira, 2 de abril de 2008

Porto Silvado Mais Pobre

Morrer é apenas não ser visto. Morrer é a curva da estrada.
(Fernando Pessoa)


§§§§§------§§§§§

Hoje estou triste.
Fui ao funeral duma pessoa de quem gostava muito - a tia da Luz.
Era uma pessoa simples, simpática e afável. A porta de sua casa estava sempre aberta para todos.
Ao marido, o tio Bernardo, solidarizo-me na sua dor de ter ficado sem a presença da companhia de muitos anos; à filha manifesto o meu pesar e comungo do seu sofrimento, pois como ela também já fiquei sem a minha mãe, e sei dar valor à sensação de perda, que vai estar sempre presente em nós; à restante família, os meus sentidos pêsames.
Em homenagem à tia da Luz, eis uma fotografia com uma vista parcial da sua terra natal, que tanto amava, tendo a sua casa em primeiro plano.

Que descanse em paz.



- Porto Silvado -
(Foto do hi5 da Tânia)

Sem comentários: