segunda-feira, 21 de abril de 2008

FIGURAS DA SERRA:O MÉDICO

A verdadeira riqueza de um homem é o bem que ele faz neste mundo.

(Maomé)

§§§§§------§§§§§


Hoje dedico o meu post a uma pessoa que, ao longo de muitos anos, percorreu a serra do Açor no exercício da sua profissão: O Dr. Vasco de Campos.
Faleceu há alguns anos, mas recordo-me bem de quando ele aparecia em Sobral Magro, acudindo solícito a alguma chamada mais urgente. Não havendo estrada, fazia o percurso de Pomares ao Sobral montado num macho.
Quantas vezes o fez e, como o dinheiro escasseava, recebia como pagamento uma galinha , um cabrito ou uma mão cheia de nada pois, em alguns casos, a miséria era tanta que ele não aceitava pagamento de espécie nenhum.
Para além de médico também foi poeta, por isso aqui deixo um poema de sua autoria.



SERRA! A minha despedida

Serra do meu destino,
Por onde andei
Entre urzes em flor
E giestais doirados!
Altar alpestre
Onde rezei
A via-sacra
Dos meus cuidados!
Ínvios caminhos
Que percorri
Em missão de amor;
Cireneu do povo,
Estranho sonhador!
Moléstias que curei…
Dores que aliviei…
Lágrimas que evitei…
Eis o penhor
Que irei depor
Aos pés de Cristo,
Pedindo perdão
Por Lhe dar só isto!





Sem comentários: