sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Porque É Fim de Semana: Freguesia de Pomares

Porque é fim de semana, vamos para a serra do Açor conhecer mais algumas das suas aldeias. Para terminar o concelho de Arganil, vamos para a freguesia de Pomares.
Porque esta é a minha freguesia, nela vou demorar mais algum tempo. Por hoje, fico apenas por um pouco da história de Pomares, da qual pouco se conhece e por algumas imagens daquela bonita aldeia.
As terras de Pomares pertenciam aos coutos dos Bispos de Coimbra e eram curato da apresentação  do Cabido da Sé de Coimbra, no termo da vila de Avô, a cujo concelho também pertenciam.
A família dos Madeira da Costa, de Avô, estabeleceram um morgadio em Pomares e alguns dos detentores do vínculo foram capitães-mores daquela vila.
A aldeia foi também conhecida durante muito tempo por Pomares de Avô.
A última representante do morgadio , D. Maria Manuela de Brito e Castro , casou com D. Luís Maria de Carvalho Daun e Lorena , seu tio , e,  em 1886, o rei D. Luís I concedeu-lhes o título de Marqueses de Pomares.
Com a extinção do concelho de Avô em 1855, Pomares foi integrado no concelho de Arganil.
Da freguesia de Pomares fazem ainda parte as localidades de Agroal, Barrigueiro, Barroja, Corgas, Foz da Moura, Porto Silvado, Sobral Gordo, Sobral Magro, Sorgaçosa, Soito da Ruiva e Vale do Torno para além de mais alguns casais.

Pomares photo Pomares7-1.jpg


Pomares photo Pomares5-1.jpg

Pomares photo Pomares13.jpg 
 
Pomares photo Pomares3.jpg

Pomares photo Pomares8.jpg

Pomares photo Pomares6.jpg

Pomares photo Pomares17.jpg

Pomares photo Pomares12_zps95596ea5.jpg


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.



Sem comentários: