segunda-feira, 21 de março de 2011

A Minha Aldeia Está Mais Pobre




Mais uma vez fui surpreendida por uma triste notícia. A tia Carmen deixou-nos.
Há algum tempo atrás recordei os fins de semana que passava em criança, no Seixal junto d e uma grande parte dos meus familiares e da comunidade sobralmagrense que ali era bastante numerosa.
A tia Carmen era uma dessas pessoas. Casada com um primo da minha mãe, trocou a sua terra natal pela terra do marido da qual gostava bastante. Era uma das amigas da minha mãe e, por arrasto, a filha era uma  das minhas amigas de infância e adolescência. O seu funeral realiza-se hoje às 11 h para o cemitério de Sobral Magro, onde terá a sua última morada.

Que a sua alma descanse em paz.
Ao marido, filha, genro, netos e demais família envio os meus sentidos pêsames.


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

3 comentários:

Anabela Jardim disse...

Meus sinceros sentimentos pela perda de uma pessoa tão querida.

Patricia disse...

Olá Lourdes!

Sabemos que é este o curso natural da vida, mas não exclui a tristeza que sentimos quando parte alguém querido.

Meus sinceros sentimentos.

Beijinhos.

nacasadorau disse...

Querida amiga Lourdes.

Lamento imenso a perda da melhor amiga da tua mãe e pessoa muito estimada, não só por ti como por todos. Dói sempre.
Na semana passada, mais exactamente na terça feira, fui ao funeral do irmão da minha amiga Maria José Areal. Um homem de 58 anos de idade e a sofre de cancro há dois.
Foi horrível para todos, mas imagina a própria mãe que ainda vive e está bem, felizmente.
Ninguém sabe quando chega a nossa vez, mas chega a todos.
Condolências.
Beijinho