terça-feira, 15 de março de 2011

Jogo de Naperons de Quarto

Há já algum tempo que não faço nenhuma postagem sobre artesanato. Hoje, ao arrumar uma gaveta encontrei um jogo de naperons dos vários que tenho guardados.
Jogo de Quarto


Ao olhar para ele, recordei aquele tempo em que trabalhava com linhas e agulhas muito fininhas. De vez em quando, tinha que interromper o trabalho, pois o  dedo onde a agulha trabalhava  a linha, estava todo em ferida.
Estes naperons foram realizados em linha nº 60.
Photobucket

Continuam religiosamente guardados juntamente com outros idênticos, pois com esta linha, penso já não ter paciência para fazer mais nada e desejo deixá-los como recordação.

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

7 comentários:

Marli disse...

Olá Amiga!
Você gosto do meus trabalhos e eu adoro ver você nessa foto no meu cantinho.
Qdo crescer quero ser igualzinho a você.
Que luxo essa toalhinha, eu também tenho relíquia igualzinho a essa e já também fiz .Hoje não se usa mais esse linha, pois é fina de mais.
Abraços,
Marli

Patricia disse...

Que lindos!!!!
Nossa Lourdes, linha 60????
Valha-me Deus, que mãos e que visão heim!
São mesmo para guardar, uma preciosidade.

Beijinhos.

Mariazita disse...

Olá, Lourdes
Eu não sou alfacinha de gema, mas por adopção :)
Nasci na Figeira da Foz, estudei e vivi no Porto até casar, e estou aqui há perto de 40 anos... sou alfacinha de segunda:)))

Muito lindos, os seus naperons.
Gosto muito de fazer renda, que, dos trabalhos manuais, ainda é o consigo fazer (além de tricot) depois que fiquei com um problema de visão.

Uma boa semana. Beijinhos

Dulce disse...

Mas que lindinho! Parabéns, Lourdes.
Gosto muito de crochet e estou terminando uma toalhinha de bandeja. Uma delicia crochetar, não é?
Beijos

Maria Teresa disse...

Admiro muitíssimo essa sua arte! Que maravilha, Lourdes!
Beijo carinhoso

Flora Maria disse...

Muito lindos seus trabalhos, Lourdes!

Lembram os que a minha sogra fazia. E ela gostava de trabalhar com linha fininha !

Beijo

Luis disse...

Querida Amiga Mª de Lourdes,
Ao ver estes trabalhos lembrei-me muito da minha saudosa e querida Mãe, pois ela era exímia neste tipo de trabalhos e que estão guardados religiosamente pela minha mulher que igualmente muito os preza!
Parabéns pelo seu post que apresenta tão belas e trabalhosas obras!
Um beijinho amigo.