terça-feira, 18 de maio de 2010

Os Melros do meu Jardim

Nestas últimas semanas tenho vivido uma grande paixão com uma família de  melros que fizeram o ninho na sebe do meu jardim. Há tempos mostrei aqui o macho no ninho a chocar os seus ovinhos. Depois, todos os dias os visitava logo de manhã. Ora o macho ora a fêmea lá estavam no ninho numa imagem ternurenta que registei várias vezes. Logo que nasceram as pequenas avezinhas,fotografei alguns momentos do seu desenvolvimento, sempre sob o olhar atento dos pais.
Mas como todas paixões, esta também foi  efémera. Hoje, ao chegar junto do ninho, os pequenos melros saltaram e desapareceram por entre os arbustos. A mãe  voou de imediato, piando e fazendo grande algazarra, no local onde os filhotes se abrigaram. Fiquei triste porque acho que fui eu que os assustei e, de vez em quando, ia espreitar para ver o que estava a acontecer. Os pequeninos nunca mais os vi  e os pais via-os  a esvoaçar, junto ao local. De vez em quando a fêmea poisava no chão , onde andava a saltitar perdendo-se por entre a vegetação.
Agora que os jovens melros se encontram entregues à sua sorte e, com muita  pena de não ter uma boa máquina  e de não ter mais conhecimentos de fotografia, deixo-vos com algumas imagens desta família.
- O macho no ninho -


- Os pequenos melros após o  nascimento -

- A fêmea com um filhote -

- As avezinhas já com penas -


   - Os melrinhos aguardam a comida -



Obrigada pela sua visita. Volte sempre.






4 comentários:

Flora Maria disse...

O "abandonar o ninho" é um momento delicado, momento de liberdade para os filhos e de tristeza para os pais.
Coisas da vida...

Beijo

Duh Franzen disse...

Lindo post
simples como a vida é.


Bjos no coração

Luis Antunes disse...

è verdade Lourdes
Tambem adoro ver os passarinhos na primavera muito especialmente quando nidificam e criam os seus filhotes que como diz a Flora maria na hora d e deixar o ninho rumo á liberdade será mais uma familia que vai ficar dispersa pela floresta
Mas é bem verdade quem parte leva saudades e quem fica saudades tem
Bjsss

alfacinha disse...

Tenho no jardim um ninho de pintarroxo mas não arrisco perturbar aqueles passarinhos tão esquivos. Todavia estou muito curioso para ver os recém - nascidos
Cumprimentos