segunda-feira, 10 de maio de 2010

Melros Novos



Há alguns dias  interrompi as postagens nos meus blogues. Com a chegada de dias menos chuvosos, impunha-se uma revisão geral na casa, vestuário e jardim. Assim, tenho estado a aproveitar o tempo para organizar aqui em casa, a próxima estação.
Entretanto, tenho novidades. Já nasceram os melrinhos do ninho da sebe do jardim. Um dia destes, aproveitando a saída da "mãe melro" do ninho, subi ao escadote e deparei com estas pequenas avezinhas.


Ainda depenadas, ali estavam completamente indefesas. Tirei a fotografia e, logo que me afastei, a mãe voou para o ninho para proteger as suas crias.
Agora estou preocupada. Não tarda muito para os pequenos melros começarem a voar e, a proximidade das minhas cadelas, torna-se um perigo para as avezinhas. 


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

6 comentários:

Maria Teresa disse...

Lourdes:
Que os melros saibam proteger-se e embelezar as paisagens por aí. Nada como um período de sossego para colocar a vida em dia. Já sentia sua falta.
Bjos

Ana Martins disse...

Tão lindos Lourdes, tudo o que é pequenino é bonito!

Beijinhos,
Ana Martins

Flora Maria disse...

Essa eterna disputa entre as espécies fazem parte da cadeia da vida.
Já tive vários sobressaltos e tristezas por aqui, por conta dos confrontos entre os animais. Nosso cachorro matou um gatinho filhote e também um gambá dos muitos que andam por aqui.
Uma gata antiga matou a gatinha que meu filho trouxe para casa, pois para ela era uma intrusa.
Sem falar nos gatos que comem borboletas, nas aranhas que prendem nas teias outros insetos para comer...

Tudo faz parte da Natureza e, só nos resta, aceitar.

Boa sorte com os melros.
Beijo

direitinho disse...

Que lindos esses passarinhos.
Não tenhas medo que eles só saem do ninho quando conseguirem voar e depois os pais estão de vigia.
Aqui em casa também faziam o ninho na roseira grande. Depois mudaram para as laranjeiras mas os meus gatos perseguiam-nos e parece-me que agora só restam numa nespereira.
Eles são os melhores caçadores de insectos. Gosto muito de os ver por aqui,mas os gatos passam horas à espera e acabam todos os dia por me trazer as suas presas para a relva ou o tapete em frente da porta.

poetaeusou . . . disse...

*
Lindo
,
Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo.
Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar...
,
in-MIguel Torga,
,
conchinhas,
,
*

ELISABETE- disse...

seja bem vinda de novo aos comentarios,senti a sua falta.bjinho