segunda-feira, 24 de maio de 2010

Genealogia


Sabedora do meu interesse pela genealogia, uma amiga enviou-me há dias um e-mail que,  a propósito da promulgação pelo Sr. Presidente da República dos casamentos entre indivíduos do mesmo sexo, resolvi partilhar com os leitores d' O Açor.



- Mãe, vou casar!

- Jura, meu filho ?! Estou tão feliz ! Quem é a moça ?
- Não é moça. Vou casar com um moço. O nome dele é Murilo.
- Você falou Murilo... Ou foi meu cérebro que sofreu um pequeno curto circuito psicótico?
- Eu falei Murilo. Porquê, mãe? Está acontecendo alguma coisa?
- Não, nada.. Só que minha visão ficou um pouco turva e meu coração quase deu uma parada. Mas estou ficando bem.
- Se você tiver algum problema em relação a isto, é melhor falar logo mãe!
- Problema ? Problema nenhum. Só pensei que algum dia ia ter uma nora...
- Você vai ter uma nora. Só que uma nora meio macho. Ou um genro meio fêmea. Resumindo: uma nora quase macho, tendendo a um genro quase fêmea...
- E quando é que eu vou conhecer o meu.. a minha... O Murilo ?
- Pode chamar ele de Biscoito, mãe, é seu apelido.
- Tá ! Biscoito... Alguém com esse apelido só pode ser uma pessoa bacana.
- Quando é que o Biscoito vem aqui ?
- Por quê ?
- Por nada. Só pra eu poder preparar seu pai com antecedência.
- Você acha que o Papai não vai aceitar ?
- Claro que vai aceitar! Lógico que vai. Só não sei se ele vai sobreviver... Mas isso também é uma bobagem. Ele morre sabendo só que você achou sua cara-metade...
- Mãe, que besteira, hoje em dia praticamente todos os meus amigos são gays.
- Só espero que tenha sobrado algum que não seja... pra eu poder apresentar pra tua irmã. .
- A Bel está namorando?! Ela não me falou nada... Quem é?
- Uma tal de Veruska.
- Como ?
- Veruska...
- Ah!, bom! Que susto! Pensei que você tivesse falado Veruska.
- Mãe !!!...
- Tá... tá... tudo bem, se vocês são felizes. Só fico triste porque não vou ter um neto...
- Por que não, mãe ? Eu e o Biscoito queremos dois filhos. Eu vou doar os espermatozóides. E a ex-namorada do Biscoito vai doar os óvulos.
- Ex-namorada? O Biscoito tem ex-namorada?
- Sim, quando ele era hetero... A Veruska.
- Que Veruska ?
- Namorada da Bel...
- "Peraí", a ex-namorada do teu actual namorado é a actual namorada da tua irmã, que é minha filha também, que se chama Bel? É isso? Perdi-me um pouco...
- É isso, sim. A Veruska doou os óvulos. E nós vamos alugar um útero.
- De quem ?
- Da Bel.
- Mas, logo da Bel ?! Quer dizer então que a Bel, minha filha, tua irmã, vai gerar um filho teu e do Biscoito com o teu espermatozóide e com o óvulo da namorada dela, que é a Veruska...
- É isso mesmo.
- Minha nossa, essa criança, vai ser então tua filha, filha do Biscoito, filha da Veruska e filha da Bel.
- Sim, em termos...
- A criança vai ter então duas mães : você e o Biscoito. E dois pais: a Veruska e a Bel.
- Por aí...
- Por outro lado, a Bel... além de mãe, é tia... ou tio.... porque é tua irmã!
- Exacto. E para o ano que vem vamos ter um segundo filho. Aí o Biscoito é que entra com o espermatozóide. Que dessa vez vai ser gerado no ventre da Veruska... Com o óvulo da Bel. A gente só vai trocar.
- Só trocar, não é ? Agora o óvulo vai ser da Bel e o ventre da Veruska...
- Exacto!
- Agora eu entendi! Agora eu realmente entendi...
- Entendeu o quê mãe?
- Entendi que é uma espécie de 'swing' dos tempos modernos!
- Que swing, mãe?!!....
- É 'swing', sim! Uma troca de casais, com os óvulos e os espermatozóides, hora no útero de uma, hora no útero de outra...
- Mas...
- Mas nada! Isso é um bacanal de última geração! E pior ainda com incesto no meio...
- A Bel e a Veruska só vão ajudar na concepção do nosso filho, só isso...
- Sei!!!... E quando elas quiserem ter filhos...
- Nós ajudamos.
- Quer saber? No final das contas não entendi mais nada. Não entendi quem vai ser mãe de quem, quem vai ser pai de quem, de quem vai ser o útero, o espermatozóide... A única coisa que eu entendi aqui é que...
- Que.. ?
- Fazer árvore genealógica daqui pra frente, com os casamentos gay, vai ser muito difícil!

Espero não ferir susceptibilidades com este post, mas uma coisa é certa, vai mesmo ser mais difícil.




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

6 comentários:

direitinho disse...

Como dizia o outro
=Isto é que vai para aqui uma açorda=
Dava uma boa peça de teatro, mas difícil de representar

Helena Teixeira disse...

Ai brasileiro é fogo gente. Sem querer ferir brasileiros, falei isso porque o post é português do brasil. E sem querer ser má, fartei-me de rir. Imaginei uma mãe na cozinha a trocar já o sal pelo açucar no cozido por já não saber o que estava a cozinhar com tamanhas notícias. Imaginem só o treco que o marido iria ter.

Deixo um convite: Junte-se a nós no dia 10 de Junho, no Convento dos Frades Franciscanos, em Trancoso, num duplo evento: «Encontro de Bloggers e lançamento do livro "Aldeias Históricas de Portugal – Guia Turístico". Para estar presente, envie um mail para aminhaldeia@sapo.pt a solicitar o formulário de inscrição e o programa das festividades. Faça-o com antecedência, pois as inscrições são até dia 2 de Junho.

Jocas gordas
Lena

alfacinha disse...

O relato é mais difícil para perceber que os problemas que vão provocar no árvore genealógica. A lei do casamento gay só serve para dar aos gays os mesmos direitos. Na Bélgica por exemplo ninguém faz caso do facto que temos um homossexual como ministro de ensino e mesmo um presidente de um partido. Há um provérbio" viva feliz e deixe viver feliz "
cumprimentos

Dulce disse...

E o pior é que a pobre mãe tem razão! A dificuldade vai ser a árvore genealógica, porque para todo o resto, eles vão dar um jeitinho... rs
Ah, esses nossos tempos!... Aonde será que vão dar???
Beijinhos e um bom dia para você.

Flora Maria disse...

Sinal dos tempos, e temos que aceitar...
Beijo

ELISABETE- disse...

OLA LOURDES,EU JACONHECIA ESTA ANEDOTA,MAS,CONTINUO A RIR-ME DO MESMO JEITO.MENTE ABERTA COMO EU SOU(CONSIDERO-ME)MAS TEM RAZAO JA NAO DA PARA FAZER A ARVORE GENEOLOJICA.MAS JA QUE HA ESSE DESVIO SEXUAL é BOM QUE ELES TENHAM DIREITOS,AFINAL TODOS NOS TEMOS O DIREITO DE ESCOLHER O QUE QUEREMOS,ELES DEVEM O TER TAMBEM,AFINAL ELES APENAS GOSTAM DE PESSOAS DO MESMO SEXO,TIRANDO ISSO SAO PESSOAS COM SENTIMENTOS COMO NOS E DAI O DIREITO IMPOE-SE.BJINHO DEIXEMOS QUE ELES GOZEM A VONTADE E QUE SEJAM MUITO FELIZES.apesar que,quando os vejo so me apetece de rir mas enfim