segunda-feira, 24 de novembro de 2008

A Lenha que nos Aquece



A verdadeira arte da memória é a arte da atenção.
(Samuel Johnson)



§§§§§------§§§§§

O frio já se faz sentir, especialmente de manhã e à noite. Sabe bem o quentinho da lareira.
Para que no tempo frio não faltasse lenha para se aquecerem, os habitantes da nossa região, enchiam as suas lojas de lenha, que apanhavam durante o Verão.



- Senhora carregando lenha -

( Foto cedida pela Elvira Santos)


Como as povoações tinham muitos habitantes a lenha escasseava.
Actualmente isso já não acontece.
Há menos pessoas a habitarem as povoações durante o Inverno e já há quem utilize aquecimentos útilizando energia eléctrica.
Nas minhas caminhadas de Verão foi frequente encontrar, nas bermas das estradas, troncos secos e pinhas, o que era impensável em meados do século passado.



- Lenha na berma da estrada florestal -

3 comentários:

Anónimo disse...

Nesse tempo os pinhais estavam limpos por isso não tinhamos os incendios que hoje temos as cabras e ovelhas comiam os matos os humanos devuravam tudo o que fosse velho tanto no terreno dos proprios como no dos vizinhos que por vezes até dava para algum mal estar entre visinhos.

voz do Goulinho

Lourdes disse...

É bem verdade o que referiu. As pessoas eram muitas nas nossas aldeias e valia tudo para não passar fome nem frio. O que se passava com a lenha passava-se também com o mato e as encostas da nossa serra estavam limpas...Hoje em dia são limpas só quando há incêndios.E então é a desolação completa.

MGomes disse...

Há um velhote, felizmente ainda vivo, que dedicou toda a sua vida na defesa do chamado desenvolvimento sustentado, ou seja, na ideia de que as coisas têm que evoluir mas não a qualquer preço! Há que preservar o que a Natureza nos deu de melhor em favor da evolução natural da vida. Infelizmente, não foi este o caminho escolhido pelos arautos do nossos destinos (leia-se políticos, economistas e outros mais) e assim sofremos hoje as consequências dos mais variados disparates feitos por quem não soube gerir o país! Podiam ao menos acomselharem-se junto de quem soubesse, eles sabiam a quem recorrer, não tiveram foi a humildade de se preocuparem com as gerações vindouras!!!!