segunda-feira, 25 de maio de 2015

Pelos Caminhos de Portugal: Folgosinho



Muitas são as localidades do país que desconhecemos , apesar de se situarem em locais próximos da região onde habitamos ou onde passamos férias.
Sempre que posso, tento partir à descoberta de novos lugares para assim enriquecer os meus conhecimentos acerca do meu país.

Desta vez, Folgosinho foi a povoação que fui conhecer e que cujas impressões e imagens passo a partilhar.

Folgosinho é uma aprazível localidade situada na encosta norte da Serra da Estrela, a 933 metros de altitude num local de difícil acesso e de fácil defesa, tendo grande importância estratégica, nas lutas contra Mouros  e Leoneses.

Pensa-se que Folgosinho teve a sua origem  em dois castros  pré históricos, um no local onde se construiu o castelo e o outro no local oposto, hoje denominado por Outeiro.

A povoação é uma das que reclama para si o local de nascimento de Viriato, existindo até uma casa, que  dizem ter sido habitada por esta importante figura histórica dos Lusitanos.  


Em 1187 recebeu foral de  D. Sancho I que lhe valeu a classificação de vila e sede de concelho, ficando sob a alçada do próprio rei. Mais tarde, teve como donatários os marqueses de Arronches e depois os duques de Lafões. 

Em 1836, devido à reformulação administrativa do reino , Folgosinho deixou de ser sede de Concelho,  sendo atualmente uma das freguesias  que formam o concelho de Gouveia.



Devido à sua situação privilegiada,  Folgosinho oferece aos seus visitantes, para além de  locais de interesse turístico, uma paisagem ímpar onde o casario de inúmeras aldeias em redor, se estendem até onde a vista alcança.







Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

Sem comentários: