sexta-feira, 28 de julho de 2017

Porque É Fim de Semana: Barreiro, Chão dos Santos, Passô e Juncal

Porque é fim de semana, vamos agora partir à descoberta de mais algumas aldeias da freguesia de  Vila Nova do Ceira.
Hoje é a vez dum grupo de três localidades vizinhas:
Barreiro

Esta aldeia  situa-se ao longo da estrada principal que passa entre Vila Nova do Ceira e Olho Marinho. 
As casas antigas foram construídas das pedras glaciares redondas que existem em abundância na região. A terra por baixo da aldeia desce suavemente até ao rio Ceira onde os solos férteis já são cultivados há muitos séculos.


A padroeira da aldeia é Nossa Senhora da Glória.
A Capela data de 1916 e foi mandada construir por um habitante da Várzea Pequena em cumprimento duma promessa.


Chão dos Santos 


Bem perto do Barreiro, situa-se esta pequena povoação onde existia   uma grande fábrica de cerâmica que utilizava o barro abundante no vale do Ceira  para fazer tijolos, telhas e também para a produção de tintas. 
Fora da fábrica, na outra parte do vale, existe um velho forno onde se faziam telhas serranas e por cima do forno  os buracos de onde o barro era extraído. Esta fábrica  era local de trabalho de muitos habitantes da região, tendo entretanto encerrado. 


A padroeira da povoação é Santa Barbara.
Inicialmente, a capela situava-se junto à fábrica de cerâmica e, mais tarde foi transferida para a actual localização.
A festa realiza-se sempre no último fim-de-semana de Agosto.

Nas imediações destas duas localidades, encontram-se ainda algumas outras, com as mesmas características.
São exemplo disso:

Juncal 

Passô



Casal do Arrassaio





Obrigada pela sua presença. Volte sempre.





Sem comentários: