sexta-feira, 14 de abril de 2017

Porque é fim de semana: Carvalhal do Sapo e Soito


Porque é fim de semana, vamos prosseguir  a descoberta das aldeias do concelho de Góis e da União  das Freguesias  de Cadafaz e Colmeal.
Vamos hoje conhecer duas novas aldeias.
- Carvalhal
Na região centro do país existem várias aldeias com a denominação Carvalhal. Por essa razão e para  a distinguir  de todas as outras,   a Câmara acrescentou-lhe “do Sapo”, em referência ao rio que passa por baixo da aldeia.  

Em 1527, já era referida a povoação do Carvalhal com 5 fogos.
Como noutros locais nesta região, os habitantes de Carvalhal do Sapo viviam tradicionalmente da agricultura e da pastorícia.


O padroeiro da aldeia é  São João Baptista.  A capela situa-se na entrada da parte mais antiga da povoação.
Na capela existe um  missal com a data de 1850.

-Soito 


Até ao início dos anos 50 do século passado, a aldeia tinha   cerca de uma centena de habitantes.
No Soito existe um
espaço museológico, inaugurado em 2002, onde podem ser observados materiais antigos, das   actividades ligadas à agricultura,  silvicultura e pecuária.

O padroeiro da aldeia é São Pedro e, segundo a tradição oral, a capela terá cerca de seiscentos anos, sendo uma das mais antigas da freguesia.
Ao longo dos tempos, a Capela tem sido alvo de obras de restauro  e, actualmente, raramente ali se praticam actividades religiosas.
A imagem de São Pedro é de pedra e os habitantes da aldeia pensam que a imagem  já existia antes da construção da capela.

Obrigada pela sua presença. Volte sempre.




Sem comentários: