segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Palácio da Cidadela

Outro dos locais que dá apoio à Presidência da República está situado na Cidadela de Cascais, no  forte de Nossa Senhora da Luz.
Inicialmente,  foi construída a torre Santo António para proteger a aldeia de Cascais das invasões dos piratas, tendo uma importância primordial não só na sua defesa como também na do estuário do Tejo e Lisboa. Já no reinado de Filipe I, foi alargado dando origem à Fortaleza de Nossa Senhora da Luz que viria a sofrer bastantes danos com o terramoto de 1755.


 photo P1150142.jpg

Após a reconstrução, este complexo sofreu algumas alterações. A nova torre ficou mais pequena e construiu-se um muro a rodear a fortaleza, que ficou composta por um páteo central, rodeado de edifícios. Um deles, destinava-se ao governador da cidadela mas, em 1870, D. Luís mandou-o adaptar para residência de férias da família real que, anualmente, ali passava os meses de Setembro e Outubro. 
Após o regicídio e a Implantação da República,  o palácio ficou dependente da Presidência da República  e foi utilizado por alguns Presidentes, quer como residência de férias quer como residência oficial. 
No entanto, o edifício foi-se degradando e votado ao abandono, sofrendo a consequente deterioração. Esta situação só foi resolvida, com a cedência da Cidadela à Câmara de Cascais que, em colaboração com a presidência da República, reabilitou o palácio e abriu ao público algumas salas e quartos.
Por vezes,  é utilizado para o Sr. Presidente da República oferecer banquetes, para residência de alguns Chefes de Estado estrangeiros que visitam o país, para exposições temporárias, conferências e outros eventos.




Obrigada pela sua visita. Volte sempre.




Sem comentários: