terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Ao longo do Alvoco 1


Saindo da Ponte das Três Entradas e, percorrendo a estrada para a Vide, é indescritível a beleza com que a natureza nos presenteia.
Para a direita, as encostas verdejantes da serra do Açor refletem-se  nas águas límpidas da ribeira de Alvoco, que corre apressada ao encontro do Alva. 

Ponte das Tr photo Ponte3Entradas-ValeAlva.jpg
Ribeira de Alvôco
Aldeia das Dez segue o nosso percurso  até encontrarmos a bela e antiga  povoação de Alvoco de Várzeas.
A estrada continua  a serpentear pelo vale e lá seguimos, lado a lado com a ribeira, vigiados pelas pequenas aldeias dispersas pelas encostas da serra do Açor. Atravessamos a pequena, mas não menos bonita, aldeia de Parente e  continuamos  em direção à Vide. 

Alv photo AVaacuterzeas6.jpg
Alvoco das Várzeas em primeiro plano. Lá ao alto, Aldeia das Dez

À saída,   a ponte conduz-nos para a margem oposta, mas ficando sempre  com o Alvoco por companhia.
Iniciamos a subida   em direção à Barriosa. Enquanto o Alvoco corre cada vez mais ao fundo, em frente, e lá bem no alto, a grandeza das montanhas rochosas e abruptas da serra da Estrela parecem desabar sobre os pequenos lugarejos espalhados pelas suas íngremes encostas.
Na Barriosa vamos ao encontro da ribeira e seguimos para Frádigas, Aguincho e Vasco Esteves de Baixo em direção a Alvôco da Serra onde se juntam as várias ribeiras que formam a ribeira de Alvôco.   


Parente photo Parente.jpg
Parente

Todo o vale onde corre esta ribeira é duma beleza ímpar. O verde que o rodeia, o azul límpido das águas, as pequenas aldeias dispersas pelas encostas da serra aliados ao ar puro  e  à paz que nele se desfrutam, tornam a região num dos mais bonitos locais para se viver. No entanto, tal como acontece em grande parte do interior, apresenta fortes sinais de desertificação.


Obrigada pela sua visita. Volte sempre.


2 comentários:

Anónimo disse...

São, sem dúvida, bonitas Terras para se viver. Mas quando se é novo, com saúde e só esporadicamente, pois a realidade da vida é outra, infelizmente!...

Luantes Luis Antunes disse...

Amiga Lourdes
Adorei, é disto que eu gosto , locais que percorri Centenas de vezes faz muito bem recordar
Continue por esta estrda que vai muito bem
parabéns
Bjssss