sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Porque é Fim de Semana...Piódão

Vamos continuar na serra do Açor e no concelho de Arganil. Coladinha à última freguesia visitada, localiza-se a freguesiaa do Piódão, cuja sede é, nada mais nada menos que a jóia da coroa do concelho.
O Piódão foi várias vezes o tema de posts d' O Açor. Mais uma vez aqui vai estar presente, pois nunca é demais ser divulgado.
 
Pi  
 
Hoje, vou referir-me um pouco à História desta que foi considerada uma das Aldeias Históricas de Portugal, da qual pouca História se conhece.
Sabe-se que a povoação teve origem num outro local, num vale próximo daquele onde agora se encontra e se chamava Casal de Piodam. Não se sabe ao certo por que razão os seus habitantes mudaram de sítio. Apontam-se várias razões mas sem qualquer confirmação objetiva.
O que se sabe é  que, na época da formação de Portugal, existia já no Piódão, um cenóbio utilizado pelos eremitas cistercienses, não se sabendo se era usado como mosteiro ou apenas como ponto de descanso e passagem dos monges, entre mosteiros.
Os primeiros registos de habitantes no Piódão, surgem apenas em 1676 e constam dos Registos Paroquiais  desta aldeia.
 

Pi - Capela de S. Pedro -
 
O mesmo se passa quanto à origem  do nome "Piódão". Sobre este tema, aproveito a persquisa feita por um amigo piodense, A Feijão do Portal, que transcrevo:
 
No Dicionário Onomástico Etimológico de José Pedro Machado, 3ª edição, Livros Horizonte 2003, somos brindados com o topónimo Piódão de pedonatu e pedona, palavra pré-latina com significado de alto rochoso. Etimológica e historicamente não se vislumbra o curso do étimo para o vocábulo do século XVI Piódam e Piódão, em frei Francisco Brandão, Piadão. Mesmo com piatum (local de expiação ou pu...rificação) e outros étimos. Duas hipóteses, uma da Idade Antiga, outra do fim da Média, irei manter:
1. Os Lancienses Oppidani foi um povo lusitano que se associou à construção da Ponte de Alcântara, onde ficou o seu nome registado ao lado dos Egitanienses, no ano 105. É verdade que as suas pedras epigráficas não foram descobertas no Piódão. Estão recenseadas em Idanha-a-Velha (a Egitânea), apenas provando que a Opidânia não era rica e suficiente notável para os pastores mais ricos encomendarem ali as suas lápides. Opidania – Opidanum – Piodanum - Piodam.
2. O nome não está nos forais e inquirições. O Piódão medieval nasce junto da fonte dos Algares e, para administrar os sacramentos logo os Cistercienses fundaram a capela de S. Pedro. Ao ermitório, juntaram-se casas para criados, armazém e cortelhos. No início de 1484, vem frei Pedro Serrano do Monasterio de Piedra, como delegado de Cister, para reformar e reforçar os Portugueses. Piedrões chegavam ainda em 1533, uma carta dos termos da Comarca de Arganil do Instituto Geográfico de 1790 registou Piódrão, talvez por cópia de documento mais antigo. Piedrão – Piadão - Piódrão – Piódão.

Pi
 
 - Igreja Paroquial em honra de Nª Sª da Conceição -
 
 (Continua)
 
Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

2 comentários:

alfacinha disse...

Piódão, ainda tenho problemas para pronunciar correto.
É uma aldeiazinha peculiar com casinhas adoráveis e uma igrejinha grandiosa. Um miradouro fantástico e a visita ao museu é mais que interessante, foi simplesmente espetacular. Cumprimentos de Antuérpia

MIGUEL GOUVEIA disse...

Piodao vem de Biot, aldeia num monte alto rochoso, óbvio, pois o próprionome indica isso, no sul de França perto de Cannes, tal como Tolosa, Arez, Nisa foi mais uma terra fundada pelos templários fugidos