sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Porque é Fim de Semana...Piódão II


Piódão pertenceu ao Concelho de Avô, até à extinção deste, em 1855, passando a integrar-se no de Arganil a partir desse momento.

Pi
 

Em 1885, foi colocado na freguesia do Piódão o padre Manuel Fernandes Nogueira, o qual tinha apenas 25 anos. Este, isolado do seu meio e da sua cultura, não desanimou e fez algo inovador pela freguesia.
Sabendo como era difícil a tantos rapazes das Beiras seguir os estudos superiores nos Seminários e na Universidade e sentindo-se capaz e habilitado para ensinar as cadeiras exigidas para o Seminário e para outros estabelecimentos de ensino superior, lança-se ao trabalho e, em 1886 funda o Seminário – Colégio. Ali passou a ensinar, quase sozinho, todas as disciplinas do curso preparatório do seminário. A qualidade de ensino do Colégio atraiu centenas de jovens oriundos dos mais diversos concelhos do país.
Este colégio extinguiu-se em 1906 e dele restam apenas alguns vestígios pois no local onde este se situava, foram construídas as escadas que nos levam à Igreja Matriz.
Com o encerramento do Colégio, retoma-se o antigo esquecimento, interrompido a breves espaços pelos esforços isolados dos seus povos.

Cónego Manuel Fernandes Nogueira

 
A povoação, pela sua peculiaridade de construções, totalmente em xisto (paredes e coberturas), mereceu a especial atenção do Arquitecto Eugénio Correia que desenvolveu todos os esforços, para que fosse considerado imóvel de interesse público, o que veio a concretizar-se por Despacho Ministerial de Abril de 1976 e confirmado pelo decreto-lei N.º. 95/78, de 12 de Setembro.
 


 

Obrigada pela sua visita. Volte sempre.



2 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Obrigado Lurdes pelas boas recordações que acordou sobre o Piódão.
Só mesmo visto no local por tanta maravilha.
O silêncio no fundo da Serra é encantador. Misticismo.

Maria Rodrigues disse...

Um local incrível e belo.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria