terça-feira, 16 de novembro de 2010

O Soito da Ruiva no "Notícias de Pomares"

 
Ao longo da existência do meu blog, várias vezes aqui tenho escrito sobre o Soito da Ruiva e suas gentes. Já deu para perceber o quanto admiro o amor que os naturais daquela aldeia têm pela sua terra e o que fazem para não  deixar cair no esquecimento as suas tradições. Uma aldeia humilde esquecida durante muitos anos numa das encostas da serra do Açor está aos poucos a passar para a ribalta da sua freguesia, concelho e até na região onde a maioria dos seus elementos habita durante a maior parte do ano. Isto deve-se à união e ao espírito incansável dos seus naturais e descendentes. Mas, esse espírito laborioso e determinado está-lhes nos genes e, é disso prova a notícia que recuperei do extinto Notícias de Pomares de Junho de 1960.
 
O povo costuma dizer duma boa cepa sai sempre um bom vinho e, no caso do Soito da Ruiva, o ditado popular aplica-se na perfeição.
É com este exemplo que, este povo vai lutando para que a sua aldeia evolua e saia do anonimato.
Um bom exemplo para todas as aldeias em vias de extinção.
 
Soito da Ruiva  
 
 
 
 
Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

3 comentários:

Anónimo disse...

Estou sem palavras!!!!!
Se a Lourdes me conseguir forncer uma cópia desta rtigo ficar-lhe-ei muito grata.
Teresa Neves

José Pinto disse...

Hoje, tal como ontem, o contributo pessoal dos que amam a sua terra é imprescindível.
Quem estiver atido às tais autoridades competentes está tramado!
Fantástico post, devidamente documentado!

Dylan disse...

Excelente trabalho!