quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Dia de S. Martinho

Hoje é dia de S. Martinho.

Portugal é um país onde se comemora bastante esta data, quer fazendo magustos ao ar livre, cozinhando as castanhas em  casa, ou mesmo comprando um cartucho de castanhas assadas ao vendedor ambulante, que deambula pela ruas das cidades com o  seu carrinho fumegante.




Os magustos mais genuínos eram aqueles que se faziam ao ar livre, onde  grupos de pessoas juntavam um grande monte de caruma onde  colocavam as castanhas a assar. Normalmente acompanhavam  com água pé ou jeropiga.
É assim que ainda se comemora este dia na minha aldeia.





Obrigada pela sua visita. Volte sempre.

3 comentários:

A. João Soares disse...

Mesmo que a ASAE diga que o magusto não seja higiénico e que os ecologistas queiram convencer que o fumo da fogueira polui o ar, é bom não esquecer as tradições.
A castanha outrora era na alimentação dos portugueses o que a batata é hoje, pois esta foi trazida para a Europa há cerca de dois séculos, vinda da América (Brasil). Depois disso a castanha passou a ser menos lembrada. É bom que não a esqueçamos.

Beijos
João

Do Miradouro

luis disse...

hoje apeteceu me vir até á serra do Açor provar uma castanha assada destas que a Lourdes nos apresenta
Sou ainda daqueles que preserva esta tradição do São Martinho
beijos

Luís Coelho disse...

Digam lá o que disserem, mas um bom Magusto é sempre mais saboroso que qualquer pacote de castanhas comprado na rua.
O convívio à volta da fogueira assim como o retirar as castanhas assadas e sacudi-las da cinza é encantador.
A poluição do fumo é menor em comparação com outras bem mais poluentes.........