domingo, 31 de agosto de 2008

PARABÉNS FILHA



O tempo é algo que não volta atrás, portanto, plante seu jardim e decore sua alma ao invés de esperar que alguém lhe mande flores.
( William Shakespeare )

§§§§§------§§§§§

O meu post de hoje vai para a minha filha que faz anos. Não vou escrever mais nada porque há emoções indescritíveis e ela sabe disso porque também já é mãe. Por isso,
PARABÉNS FILHA!

glitters



glitters


sábado, 30 de agosto de 2008

CONTAGEM REGRESSIVA

Gifs - Flash - Fotos e Videos Para seu Orkut

FESTA DE SOBRAL MAGRO-DOMINGO

O bom humor espalha mais felicidade que todas as riquezas do mundo. Vem do hábito de olhar para as coisas com esperança e de esperar o melhor e não o pior.
(Alfred Montapert)

§§§§§------§§§§§


Chegados ao último dia de festa e, já com muito menos pessoas que durante a tarde regressaram a Lisboa, preparou-se o piquenique.
Como é de tradição realizou-se a arruada, que este ano foi acompanhada pelo grupo Bota Vinho.
No Largo preparou-se a refeição. Cozeram-se as batatas, fez-se o caldo verde e assaram-se as sardinhas.





- Esperando pela sardinha -
Logo que a refeição ficou pronta, cada qual ocupou o seu lugar para se deliciarem com as sardinhas e o caldo verde, em amena confraternização.


- Comendo a sardinha -






- E o caldo verde -


Por fim, o baile abrilhantado pelos Bota Vinho encerrou os festejos deste ano.





- Os Bota Vinho -


sexta-feira, 29 de agosto de 2008

FESTA DE SOBRAL MAGRO-SÁBADO

As religiões são caminhos diferentes convergindo para o mesmo ponto. Que importância faz se seguimos por caminhos diferentes, desde que alcancemos o mesmo objectivo.
(MAHATMA GANDHI)




§§§§§------§§§§§



Hoje vou deixar algumas fotos representativas das diferentes partes do dia principal da festa de Sobral Magro.
Este ano, a Missa e Procissão realizaram-se no Sábado à tarde, uma vez que Domingo, o dia tradicional da festa coincidiu com o dia de S. Bartolomeu, data em que se realiza normalmente a festa da sede de freguesia de Aldeia das Dez.
Embora em horário diferente, tudo decorreu dentro da normalidade e, o padre Sousa já nos informou que para o ano teremos um problema idêntico.




- Saída da Procissão -





- Os músicos da U. R. M. Pomarense -





- O Baile -





- O Grupo Enigma 3 -





- A Quermesse foi bastante concorrida -





- A Leonor também foi às rifas -








quinta-feira, 28 de agosto de 2008

APRESENTAÇÃO DO GRUPO RAÍZES DE SOBRAL GORDO




Os homens só serão grandes, se estiverem realmente decididos a sê-lo
(Charles de Gaulle)



§§§§§------§§§§§

Tal como escrevi no meu post de ontem, a apresentação do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo na festa de Sobral Magro, esteve a cargo de um grupo de senhoras, que o fizeram da seguinte forma:



Ó c´alma do diabo
Que é que lá vem a assomar?
Tanta gente n´ avesseira
Ouvi um harmónio a tocar!

Ai o catrino! Atão tu não vês?
Olha que uma como esta!
É um rancho do Sobral Gordo
Que vem para a nossa festa.

Ai meu Deus, a nha vida!
Ando toda consumida
Vêm aí os do Sobral Gordo
Tenho qu’ ir tratar esta ferida.

E cuidas que és só tu?
Também dei uma topada
E quando fui tratar as pitas
Fiquei toda esgarranchada.

Eu vou mas é pi arriba.
Tenho que me desengomar.
Ponho borralho na ferida
Que ela vai logo sarar.

Ai valha-me o S. Domingos!
E eu tão mal enjorcada,
Fui botar comer às cabras
E caí lá na quelhada.

Vai breve, põe-te bulir
E vê se te vais estonar
Vai lá mas é pi além
Depois vem-te aqui prentar.

Ai, mas que grande estrofego!
Deixa-as mas é ir embora
Que duas esgazeadas!
Não se colhem cá por hora…

Entrementes é de noite
E começa o bailarico.
Mal se percata acaba
Ainda lhe dá um fanico…

E a outra, pensas qu´é boa?
Não lhe dera um sumiço!
Quer arranjar conversado
Arranja algum achadiço.

Olhai-de como ela vem!
Vem aí toda listrada
Anda à cata de namoro
Parece que anda augada.

E a outra, vem azadinha
Aprontou-se num instante
Ao cabo de uns minutinhos
Já está aqui diante.

Já cá estou, vim às carreiras,
Mas estou muito agoniada.
Comi dois pratos de cabulo
Com fressura e tigelada.

Olha ela aqui aos arrancos!
Isto é coisa do indemigo!
Vê lá se saras depressa
Para ires dançar comigo.

Vê lá se vais lançar fora,
Vai mas é para o barroco.
Se te vires desacorçoada
Gomitas lá no chabouco

Olha a filha do diabo,
Ainda se vai arreboçar
Não tinha precisão disto.
Quem é qu 'a mandou enfardar?

Eu só comi uma esparvadela,
O que eu quero é bailar.
Comi um coisito de chanfana
Que eu já não estou a medrar.

Eu cá comi carne fresca
Coscoréis e tigelada
Pão leve e arroz doce.
Não comi quase nada!

Eu também comi chanfana,
E um caldo bem quentinho,
Uns bolos que fiz no forno
E uma malga de vinho.

Já passou a nha afronta
Arranja-me aí um cabito.
Por via das dúvidas assento-me
E espero pelo bailarico.

Assenta-te aí, está quedinha
P´ra morde não enjoares
Tu cuidas que eu não sei?
Tu morres se não bailares…

Ah bô tu faladeirona.
Eu estou a pegar contigo?
Só estás bem a empeçar
E a espreitar ao postigo...

Estão a ser muito somenos.
Com vocês eu não me avenho.
Quitem-se lá da nha frente
Senão levam c´um tanganho.

Homessa, faço-te enxeco?
Avento-te uma fragada.
Por via das dúvidas eu vou-me,
Já estou a ficar enfadada!

Não fiques arrenegada
Pára lá de fazer ronha
Eu estava a mangar contigo.
Olha qu'eu não tenho pessonha.

Olhai-de. Um é dos Filipes…
Vê lá tu, que enxergas bem
Diz lá se consegues descobrir
Quem são os que estão além.

Uns são filhos da tia Laura,
Outros Nunes e Agostinhos.
Alguns não enxergo bem .
Mas vêm todos arranjadinhos!

Olhai bem, lá vêm eles
Aprontem-se, vamos dançar
Os rapazes são azadinhos
E depois vão desapartar.

Damonhos da rapariga,
Vinha toda apoquentada.
Enxergou ali os rapazes
Já nem enjoa nem nada.

O S. Domingos oiviu-me
O mal já me está a passar.
Ó coisa tu não oiviste?
Lá estão eles a tocar.

Atão não houvera de oivir?
Eu ainda não estou mouca.
Vê lá mas é se te calas
Olha que estás a ficar rouca.


Eles já estão a chegar.
Agora já estais felizes?
São amigos do Sobral Gordo
E formam o grupo RAÍZES!
- G.E.R. do Sobral Gordo -
(Foto do Rouxinol de Pomares)

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

FESTA DE SOBRAL MAGRO-6ª FEIRA



Não é um notável talento o que se exige para assegurar o êxito em qualquer empreendimento, mas sim um firme propósito.
(Thomas Atkinson)
§§§§§------§§§§§

A festa do Sobral Magro já passou e, cá estou de novo em Fernão Ferro por mais alguns dias, até às férias que este ano serão em Setembro.
Até lá, vou deixar aqui algumas informações acerca desta festa.
O Programa foi cumprido na íntegra.
O post de hoje vai ser dedicado ao dia de 6ª Feira.

Na 6ª feira à noite, a tradicional Procissão de Velas deu início aos festejos onde população de Sobral Magro participou quase em pleno.


- Aspecto da Procissão de Velas -


Terminada a procissão, todos se dirigiram para o Largo da povoação, onde se esperava a presença do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo.
Algumas senhoras de Sobral Magro, pensaram fazer a apresentação do grupo de uma forma inovadora.

Assim, escreveram um pequeno texto, utilizando a linguagem utilizada há muitos anos atrás na região, que leram preparando a sua entrada no palco.

De seguida, o grupo Raízes deliciou os presentes com as suas danças e cantares que todos aplaudiram efusivamente.

- Actuação do G. E. R. de Sobral Gordo -


No decurso da actuação, a dinamizadora do grupo, Odete Francisco, entregou uma lembrança ao Presidente da Direcção da Comissão de Melhoramentos de Sobral Magro, que retribuiu também com a oferta de uma placa comemorativa da sua passagem pela povoação.

Como filha de um natural de Sobral Gordo, nutro um natural carinho por aquela povoação e pelos seus habitantes, alguns deles meus familiares.

Por essa razão, resolvi presentear o grupo Raízes com uma tela pintada por mim, representando uma paisagem do Sobral Gordo, povoação onde estão também as minhas raízes.
Por fim, o dia terminou em alegre confraternização na Casa de Convívio.

- A tela que pintei para os meus amigos do Sobral Gordo -

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

VOU À FESTA

Enquanto o homem não souber para que porto quer ir, nenhum vento será o vento certo. (Sêneca)

§§§§§------§§§§§

Vou à festa do Sobral Magro. Volto para a semana.

Recados Para Orkut


[orange]*[/orange] http://www.recadosonline/.






terça-feira, 19 de agosto de 2008

PORTO SILVADO-RESCALDO DA FESTA

O tempo que passa não passa depressa. O que passa depressa é o tempo que passou.
(Vergílio Ferreira)

§§§§§------§§§§§

A festa deste ano do Porto Silvado trouxe algumas inovações.
A principal foi a capela que se apresentou completamente renovada. No seu interior, há pormenores que melhoraram bastante o seu aspecto. Os altares das imagens dos santos foram completamente modificados apresentando-se agora encastrados nas paredes, com pormenores de granito que eu considero de muito bom gosto.
- A Capela de N. Sª. do Carmo -

As janelas foram substituídas por vitrais e, numa das paredes foi colocado um grande quadro representando o profeta Elias. Penso que as suas dimensões são exageradas para uma capelinha tão pequena e, demasiado apelativo chamando de imediato a atenção de quem visita a capela, desviando a atenção da Nossa Senhora do Carmo.



- Um dos vitrais -

Também na procissão se notaram alterações. As opas tradicionalmente vermelhas foram substituídas por outras relacionadas com a Ordem das Carmelitas, que foram usadas por todas as pessoas que transportaram algum andor ou outro objecto religioso.




- As novas Opas -


A nível musical registaram-se algumas diferenças em relação aos anos transactos, em especial na noite de 6ª feira, com o midnight show. Foi esta a noite dos jóvens
No Sábado recebemos o Gabriel, neto dum portossilvadense.
Mostrou-nos que está a evoluir no panorama musical e na forma como actua. No entanto, na minha opinião, teve um aspecto que considero despropositado.
Para que serviam os seguranças?
Afinal estava em familia e entre amigos...
Outra novidade nas festas de Porto Silvado, foi o facto de estar presente uma equipa de fotografia e vídeo. Durante os três dias de festa, fotografaram e filmaram tendo como objectivo fazer um trabalho para memória futura, que será posto à venda, visando a obtenção de verbas para custear o que falta das obras da capela.



- Um aspecto do baile -







segunda-feira, 18 de agosto de 2008

PORTO SILVADO: A FESTA JÁ LÁ VAI





Escrever é uma maneira de falar sem ser interrompido
(Jules Renard)

§§§§§------§§§§§

A festa de Porto Silvado já passou há algum tempo e, como vou estar fora durante uns dias, hoje vou escrever sobre a forma como ela decorreu .
Cumprindo o programa previamente anunciado, os festejos decorreram nos dias 1, 2 e 3 de Agosto.
Na 6ª feira de manhã, tal como noutros anos, fizeram-se os preparativos da festa: ultimaram-se os enfeites do Largo e da Capela ( este ano alvo de maiores cuidados) e em casa prepararam-se as comidas para que no dia seguinte nada faltasse.
Da parte da tarde, realizou-se a tradicional arruada, este ano com menos pessoas pois muitos portossilvadenses foram chegando pela noite dentro.

- Arruada -



Logo após a Procissão de Velas a festa contou com o Midnight Show: Karaoke, animado pelo Gonçalo (4º. classificado do idolos da Sic) e muita música com Dj Bêja.
No Sábado, abrilhantada pela Filarmónica de Aldeia das Dez, realizou-se a Missa Campal, e a Procissão. O leilão de ofertas para Nossa Senhora do Carmo encerrou a parte religiosa da festa.




- Procissão -



A tarde, foi passada com o campeonato de sueca, a venda de lembranças religiosas e as habituais rifas.


- Venda de lembranças -






A abrilhantar o baile esteve Elisabete Serra e as suas bailarinas, sendo apenas interrompida por volta da meia noite, para o Gabriell fazer a sua actuação.



- O Gabriell -



No Domingo realizou-se o Jogo de futebol entre solteiros e casados, enquanto no Largo se ia confeccionando a refeição para o piquenique.









- G. D. C. Soito da Ruiva -


Depois do piquenique, foi a vez do grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva deliciar os presentes com as modas da nossa região.
Finda a sua actuação, realizaram-se -se ainda o peddy paper e a entrega de troféus.

A festa de 2008 já lá vai. Até para o ano.









domingo, 17 de agosto de 2008

AS FESTAS CONTINUAM


Qual é o lugar do homem? Onde os seus irmãos precisarem dele.
(Madre Teresa de Calcutá)

§§§§§------§§§§§



E as festas continuam.
No próximo fim de semana vamos ter na nossa freguesia mais duas festas: a do Vale do Torno e a do Sobral Magro.
Como é obvio vou estar presente nesta última, embora com muita pena de as festas de duas povoações vizinhas coincidirem, e não poder estar com a família e amigos que tenho no Vale do Torno.
Mas o visitante do meu blogue só terá que escolher. Em chegando aqui




pode escolher a festa do Vale do Torno




ou então a festa do Sobral Magro.




Deixo uma sugestão.

Passe pelas duas. Em qualquer delas será bem recebido e terá um bar aberto, muita animação e poderá confraternizar sadiamente com os seus habitantes.

Divirta-se.

sábado, 16 de agosto de 2008

FESTA DO BARRIGUEIRO



Visite os amigos com freqüência. O mato cresce depressa em caminhos pouco percorridos.
(Provérbio Escandinavo)




§§§§§------§§§§§




O Barrigueiro também está em festa durante este fim de semana.
As festividades tiveram o seu início ontem, dia 15, com uma noite de Karaoke.
Hoje, haverá a habitual Missa em honra do seu padroeiro S. Geraldo, leilão de ofertas e torneios de Sueca e Tiro ao Alvo.
O cantor Quim Lima abrilhantará a noite.
No dia 17, haverá a manhã infantil e a manhã das senhoras seguidas de almoço convívio.
Realizar-se-à também a final do torneio de sueca e disputar-se -à um torneio de chinquilho.
Por fim a entrega de prémios porá fim à festa deste ano.

Uma festa animada com resultados positivos, são os meus votos para a sua associação Grupo de Amigos do Barrigueiro, extensivos a todos os seus habitantes.

- O Barrigueiro)

(Imagem da Net)


sexta-feira, 15 de agosto de 2008

PARABÉNS FÓRNEA





A parte mais importante do progresso é o desejo de progredir
(Séneca)


§§§§§------§§§§§



No dia 15 de Agosto de 1954, nasceu a Comissão de Melhoramentos Recreativa e Educativa de Fórnea.

É por essa razão que hoje dedico o meu post aos habitantes daquela aldeia do nosso concelho e os felicito por este aniversário.
Faço votos para que a chama que, ao longo de todos estes anos, lhes iluminou o caminho nunca se apague e que continue sempre bem acesa em prol do desenvolvimento da sua aldeia.




Recados Para Orkut






[www.RecadosOnline.com/parabens.html

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

SOBRAL GORDO DE LUTO


A morte é a coisa mais segura e firme que a vida inventou até agora.
(Emil Cioran)

§§§§§------§§§§§


Mais uma vez a morte visitou o Sobral Gordo na altura da festa.

Desta vez foi o José Agostinho que há tempo se encontrava em grande sofrimento. Ontem teve o seu final e hoje vai a enterrarno cemitério de Pomares.

À família enlutada, apresento as minhas sinceras condolências.


quarta-feira, 13 de agosto de 2008

A BARROJA VAI ESTAR EM FESTA



Quanto maior são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação.
(Cícero)
§§§§§------§§§§§




Este mês, o meu blogue é praticamente dedicado ao tema das festas.

Hoje passo a divulgar a festa de mais uma simpática aldeia da serra do Açor: a Barroja.
Esta povoação vai homenagear o seu padroeiro S. Brás, nos próximos dias 16 e 17 de Agosto e o Programa deste ano é o seguinte:


DIA 16

15 h - Missa em honra de S. Brás, seguida de Procissão
17h 30 m - Actuação do Grupo de Danças e Cantares do Soito da Ruiva


DIA 17

13 h - Almoço no Largo da Capela

Espero que o tempo esteja agradável e que os barrojenses passem uma festa com saúde e muita animação.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

JAIME LOPES





O mais importante da vida não é a situação em que estamos, mas a direção para a qual nos movemos.
(Oliver Wendell Holmes)


§§§§§------§§§§§


Desta vez para prestar homenagem a um natural da terra do meu pai e colega de brincadeiras de adolescência: O Jaime Lopes.


O tempo passou e o Jaime fez um percurso de vida pautada por um grande espírito de luta, perseverança , muito esfoço e alguns sacrifícios.
Mas valeu a pena.
Pelo caminho, foi partilhando com os amigos os seus conhecimentos, os seus testemunhos e o seu valor nalguns livros que publicou e em algumas crónicas na Imprensa Regional.
Amanhã vai lançar outra obra literária a que deu o nome de "Na Ondulação da Maré".
O evento terá lugar exactamente na sua terra natal onde certamente estará rodeado dos seus familiares, conterrâneos e alguns dos seus amigos.
Na impossibilidade de estar presente, não posso deixar de o felicitar e de lhe desejar o maior dos sucessos e, acima de tudo, muita saúde para continuar a escrever.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

SOBRAL GORDO 3

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior do que os homens!
( Florbela Espanca)



§§§§§------§§§§§

Hoje vou continuar no Sobral Gordo.
Deixo aqui um um soneto que um grande sobralgordense dedicou à sua aldeia:


SONETO PARA TI

Todos por ti suspiramos
Todos nós por ti vivemos
Todos nós te adoramos
Todos nós não te esquecemos

No teu regaço, escutamos
No teu dorso, nós erguemos
A chama por que lutamos
No teu futuro, nós cremos.

Tens tudo o que é de encanto
Tens luz, que ilumina a serra
Do Açor que te adora tanto...

Nese jardim que te enleia,
Os teus filhos são fino manto
De ti, Sobral Gordo, nossa aldeia.

Jaime Lopes





domingo, 10 de agosto de 2008

FESTA DE SOBRAL GORDO

A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido. Não na vitória propriamente dita.
(Mahatma Gandhi)
§§§§§------§§§§§


O Sobral Gordo também vai estar em festa nos próximos dias 14, 15 e 16 de Agosto.
O Programa deste ano é o seguinte:

Dia 14
09:00 h – Manhã dos mais novos
10:00 h– Jogo da Malha
15:00 h – Torneio Interno de Futsal
17:00 h – Final do Jogo da Malha
22:00 h – Baile com o Brilhante Conjunto TRIO CLAVE

Dia 15
09:00 h – Chegada da Banda Filarmónica U. R. Musical Pomarense
10:oo h – Recolha de Andores
11:00 h – Santa Missa em Honra da Nossa Senhora de Nazaré
12:00 h – Procissão
15:oo h – Abertura da Quermesse
16:00 h – Actuação do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo
22:00 h – Baile com o Trio Musical SOL & DÓ



Dia 16
09:00 h – Assembleia-geral
15:00 h – Recolha de géneros e donativos para a preparação do tradicional Piquenique na Eira Fundeira
20:00 h – Regresso do Piquenique ao Largo da Courela
22:00 h – Musica Popular Portuguesa com a Tocata do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo



- Sobral Gordo -

(Foto retirada da net)



Espero que passem uns dias divertidos e que a festa tenha resultados poitivos. Este ano não vou estar presente, mas fico a torcer para que tudo corra da melhor maneira possível.

sábado, 9 de agosto de 2008

PARABÉNS COMISSÃO DE MELHORAMENTOS DE SOBRAL GORDO



Os povos livres são os únicos a ter uma história; os outros possuem apenas crónicas: são matéria para o erudito, e o género humano não os conhece.
(Edgar Quinet)



§§§§§------§§§§§


Hoje o meu post vai para o Sobral Gordo, a terra natal de meu pai.
A sua Comissão de Melhoramentos faz hoje anos e está de parabéns.





«(...) em 5 de Maio de 1946, pelas 15.00 horas, na Casa dos Tabuenses, sita na Rua da Palma, 268- 1º andar, se reuniu em Assembleia Geral, um grupo alargado de sócios, filhos e amigos de Sobral Gordo, Freguesia de Pomares, Concelho de Arganil, Distrito de Coimbra, maioritariamente residentes na Capital e no Concelho de Almada, afim de apreciarem e aprovarem o Projecto dos Estatutos do Organismo recém-criado, com o fim expresso de pugnar em conjunto pelo progresso da referida localidade, que por expressa vontade de todos, denominar-se-à COMISSÃO DE MELHORAMENTOS DE SOBRAL GORDO».
Em 5 de Maio de 1946 na Casa dos Tabuenses, sita na Rua da Palma, Lisboa reúne, em Assembleia Geral, um grupo alargado de associados, filhos e amigos de Sobral Gordo. Residem maioritariamente na capital e no concelho de Almada.
Apreciam o projecto de Estatutos do Organismo, criado no ano anterior. Por vontade de todos, denominam-no «COMISSÃO DE MELHORAMENTOS DE SOBRAL GORDO». O Senhor Aníbal Quaresma assume a sua presidência. Coadjuvam-no, como secretários, os Senhores Germano da Costa e José da Costa Júnior. É aprovado o estatuto associativo. Unanimemente, submetem-no, em seguida, às entidades oficiais. A lei prevê-o.
A 13 de Junho, a primeira reunião. São empossados os Corpos Gerentes. É elaborado um programa de trabalhos. Estabelecem-se prioridades. Pugna-se pelo progresso do Sobral Gordo.
Referenciamos a composição das primeiras duas Direcções
, a provisória (com a fundação da colectividade em Agosto de 1945) e a efectiva (saída, da reunião na Casa dos Tabuenses).


Corpos Gerentes eleitos em 05 de Agosto de 1945


Assembleia Geral
Presidente: Aníbal Quaresma
1º Secretário: Manuel Francisco
2º Secretário: Domingos Agostinho

Direcção
Presidente: António Martins
Vice-presidente: José Domingos Filipe
Secretário: António Quaresma I
Tesoureiro: Germano da Costa
Vogal: José Ferreira Francisco
Vogal: José da Costa Júnior
Vogal: António Quaresma II



-António Mrtins-1º Presidente da Direcção -

Corpos Gerentes eleitos em 05 de Agosto de 1946

Assembleia Geral
Presidente: Aníbal Quaresma
1º Secretário: Manuel Francisco
2º Secretário: Domingos Agostinho

Direcção
Presidente: António Martins
Vice-presidente: José Domingos Filipe
Secretário: António Quaresma
Tesoureiro: Germano da Costa
Vogal: José Ferreira Francisco
Vogal: José da Costa Júnior
Vogal: António Francisco Quaresma


Delegação em Sobral Gordo
Presidente: Abílio Nunes

Secretário: José Joaquim
Tesoureiro: Albano Agostinho

(in: http://sobralgordo.no.sapo.pt/)

- Sobral Gordo há muitos anos atrás -








sexta-feira, 8 de agosto de 2008

FESTAS NA FREGUESIA

A vida é apenas um tempinho horroroso cheio de momentos deliciosos.
Oscar Wilde




§§§§§------§§§§§



Antigamente as festas desenrolavam-se ao longo do Verão e princípios do Outono, mas actualmente concentram-se, na sua maioria, no mês de Agosto, acabando por se sobreporem.
Este fim de semana vai ser um exemplo disso.
Já há dias, divulguei a festa do Soito da Ruiva, em honra de S. Lourenço. Simultaneamente realizar-se-à a festa da Sorgaçosa, em honra de S. Simão.
Este ano, na Sorgaçosa, o Programa será o seguinte :

Dia 8 - Sexta-Feira
Procissão de Velas
Dia 9 -Sábado
Leilão; Torneio de Chinquilho; Actuação do Grupo Aires Silva e do Gabriell.
Dia 10 - Domingo
Missa em honra de S. Simão; Procissão; Leilão de ofertas; Arruada e actuação do grupo Elisabete Serra e suas bailarinas.
Dia 11 - Segunda-Feira
Almoço Convívio

- Sorgaçosa -

Espero que os veraneantes se dividam pelas duas povoações e, no dia 11 parem um pouquinho , em Pomares, no Pavilhão da Sociedade de Melhoramentos, onde também haverá baile abrilhantado pelo conjunto Alta Frequência.

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

CAPELA DE PORTO SILVADO III

De nada serve ao homem queixar-se dos tempos em que vive. A única coisa boa que pode fazer é tentar melhorá-los.
(Thomas Carlyle)


§§§§§------§§§§§



Tal como tenho vindo a escrever, a capela de Nossa Senhora do Carmo apresentou-se praticamente toda renovada.
Neste momento, os habitantes de Porto Silvado podem orgulhar-se de terem uma capela bem mais atraente, denotando bom gosto na sua decoração.
De realçar que o telheiro acrescentado à entrada, minimizou um pouco a dimensão exagerada da torre acrescentada há anos atrás, tornando-a esteticamente mais proporcional.

Na minha humilde opinião, mesmo não estando completamente de acordo com alguns pequenos pormenores, a capela está muito bonita.
Só é pena que no local onde está implantada, se perca no meio de casas, completamente tapada por uma delas que ameaça ruína.





quarta-feira, 6 de agosto de 2008

CAPELA DE PORTO SILVADO II


A arte não é um espelho para reflectir o mundo, mas um martelo para forjá-lo.
(Vladimir Maiakóvski)

§§§§§------§§§§§



Hoje vou mostrar o espectacular quadro, de grandes dimensões, colocado na parede do lado esquerdo da capela de Porto Silvado, dedicado ao profeta Elias, o pai espiritual da Ordem do Carmo.
É uma bonita pintura inspirada na obra de Giuseppi Angeli, representando o profeta e a Carruagem que o levou ao Céu, que chama de imediato a atenção de quem entra, ou simplesmente espreita por uma das janelas frontais.



- Elias e a Carruagem que o arrebata aos Céus -


terça-feira, 5 de agosto de 2008

CAPELA DE PORTO SILVADO





O trabalho espanta três males: o vício, a pobreza e o tédio.
( Voltaire )



§§§§§------§§§§§

Nas obras da Capela de Porto Silvado, sobre as quais tenho vindo a escrever, há pormenores que vou realçar. Hoje vou-me referir à primeira imagem, muito antiga, de Nossa Senhora do Carmo, que se encontrava guardada na sacristia.
Após as obras, podemos vê-la colocada num nicho forrado a pedra de xisto, que eu considero o pormenor mais bonito da capela. Só tenho pena que se encontre num local pouco visível, pois está localizado na pequena sacristia.
Aqui fica um clip, onde se pode observar parte do nicho.




segunda-feira, 4 de agosto de 2008

A CAPELA DE PORTO SILVADO ESTÁ PRONTA

Comece por fazer o que é necessário, depois o que é possível e de repente estará a fazer o impossível.
(São Francisco de Assis)


§§§§§------§§§§§


Há muitos anos que se impunham obras na Capela de Porto Silvado.
Encravada entre casas e palheiras não havia espaço para grandes obras. O edifício inicial apresentava-se desproporcional em relação à torre mais tarde construída.
No entanto, conseguiu-se muito.
Com a ajuda de todos os portossilvadenses e alguns amigos, a Comissão de Melhoramentos e a Comissão da Capela introduziram várias alterações, obedecendo na sua base ao edifício existente, mas tentando disfarçar alguns aspectos de gosto mais duvidoso.
A Capela está mais bonita, mais airosa, acolhedora e sobretudo a contento da maior parte dos portossilvadenses.
O esforço de todos os intervenientes nesta obra valeu a pena, pois o resultado final é muito bom.
Nos próximos dias vou postar um pouco mais sobre este tema, mostrar mais algumas fotografias, bem como escrever sobre alguns aspectos que tive oportunidade de presenciar na festa do Porto Silvado.
Por hoje ficam algumas fotografias da Capela.

















domingo, 3 de agosto de 2008

O GOULINHO ESTÁ DE LUTO



Nossos dias são como as estrelas cadentes: mal as vemos enquanto passam; deixam depois que passem um sulco indelével na memória.
(Benjamim Franklin)



§§§§§------§§§§§


Quando há dias anunciei a festa do Goulinho, não me passava pela cabeça que aquela povoação ia ter a sua festa marcada pelo falecimento dum dos seus habitantes: o ti Serafim.
Era uma pessoa muito conhecida e estimada na nossa região, que percorria com regularidade, andando de aldeia em aldeia, exercendo a sua profissão de barbeiro.
O Goulinho ficou mais pobre e a serra do Açor também.
Paz à sua alma.

( Foto retirada do blogue Voz do Goulinho)